CES

Toyota apresenta o Concept-i, carro que quer ser "seu melhor amigo" [CES 2017]

Por Igor Lopes RSS | em 10.01.2017 às 17h06

O Concept-i foi criado em torno da filosofia do "calor cinético", uma teoria que prega que a tecnologia de mobilidade deve ser acolhedora e, acima de tudo, divertida. Além disso, o Concept-i traz um avançado sistema de Inteligência Artificial que antecipa as necessidades dos motoristas, aprende e constrói um relacionamento com ele. Mais do que apenas seguir padrões de caminhos e horários, o carro foi projetado para aprender com as emoções dos passageiros, mapeando os caminhos por onde o motorista mais gosta de viajar.

Além disso, o conceito traz uma avançada tecnologia de direção autônoma que, aliada à IA, melhora a segurança da condução - combinando estímulos visuais e táticos que diminuem o tempo de resposta do veículo. Os motoristas terão as opções de direção automática ou manual, de acordo com suas preferências, ao mesmo tempo em que o Concept-i monitora continuamente a atenção do motorista e as condições da estrada.

Na verdade, o Concept-i tenta evitar mostrar seus avisos e informações apenas na tela principal do console central. A comunicação do motorista com a inteligência artificial é feita por meio de luzes coloridas e pequenas projeções, que são posicionadas de acordo com a mensagem que está sendo passada. Luzes acenderão na coluna lateral para chamar a atenção do motorista, se outro veículo estiver no ponto cego do retrovisor, por exemplo.

O Concept-i também foi desenvolvido para reagir com o mundo ao seu redor. O Yui, como foi chamada a inteligência artificial do veículo, pisca os faróis como se fossem olhos, para cumprimentar motoristas de outros veículos e pedestres, na medida em que eles se aproximam. A traseira do carro também é interativa e avisa aos outros motoristas da estrada sobre a direção da próxima curva, ou mesmo se existe um perigo potencial à frente. A parte dianteira sinaliza se o Concept-i está na direção automatizada ou manual.

Taí um conceito bastante diferente do normal, e que começará a ser testado no Japão nos próximos anos. Se ele um dia chegará às ruas, só o tempo dirá.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar