Brasil Game Show

O que esperar da Brasil Game Show 2013

Por Felipe Santana Felix RSS | em 23.10.2013 às 09h00

Brasil game show

A Brasil Game Show é a maior feira de games do Brasil e a edição de 2013 será a segunda em São Paulo, cidade que se tornou sua sede, segundo o responsável pelo evento Marcelo Tavares.

Antes a feira costumava ocorrer anualmente na cidade do Rio de Janeiro, mas acabou migrando em 2012 para a cidade do Borba Gato por diversos motivos, entre eles a quantidade de fanáticos por video game. 

A comprovação disso está no senso gamer de 2012, divulgado em Dezembro. A pesquisa mostra que 58% da população que se declarou gamer reside no Sudeste (SP, RJ, MG) e segundo os dados levantados, 64% dos gamers dessa região se encontram no estado de SP, o que fez da cidade de São Paulo nossa capital do video game.

De lá para cá

A edição do ano passado impressionou pela velocidade com que os ingressos foram vendidos e a intensidade dos presentes na feira. Foram 100.559 pessoas nos quatro dias de evento, que puderam conferir no Expo Center Norte jogos de PS3, Xbox 360, Wii e até mesmo do primeiro console da nova geração, o WiiU. Na época, os ingressos custavam de 20 a 40 reais por dia, dependendo da data de compra.

Neste ano, o evento terá o dobro do tamanho e irá ocupar, além do pavilhão Azul, o pavilhão Branco, por orde ocorrerá a entrada do público. Com isso, os organizadores esperam receber 150 mil pessoas, 50% a mais que no ano passado.

Vale lembrar que todo este aumento já está sendo sentido pelos visitantes antes mesmo do início do evento. Em 2013, a organização dobrou o valor do evento e as entradas mais baratas foram vendidas até 14/09 por 40 reais, o que acabou esgotando os ingressos para os dois primeiros dias, 26 e 27 de Outubro. Agora, os que desejam participar nos dias 28 e 29 irão desembolsar, no mínimo, de 60 a 80 reais o dia.

Consoles de um lado, PCs de outro

Como o evento irá ocorrer em dois pavilhões, os expositores foram divididos por plataforma. Consoles de um lado, PCs de outro. E durante os 4 dias de evento o pavilhão Branco será a casa dos consoles e da Blizzard, que "virou a casaca". Com isso, os participantes vão poder visitar os vários estandes do pavilhão para conferir os próximos lançamentos que pretendem esvaziar muitos bolsos. São eles:

  • Killzone: Shadow Fall - Sony
  • Grand Turismo 6 - Sony
  • Battlefield 4 - Electronic Arts
  • FIFA14 - Electronic Arts
  • Batman Arkham Origins - Warner
  • Need for Speed Rivals - Warner
  • Dying Light - Warner
  • Disney Infinity - Warner
  • Call of Dutty: Ghost - Activision
  • Assassin's Creed: Black Flag - Ubisoft
  • Just Dance - Ubisoft Paris
  • Hearthstone: Heroes of Warcraft - Blizzard

Já o pavilhão Azul será a casa dos jogadores de PC e reserva atrações tão interessantes quanto os novos lançamentos dos consoles. Razer e NVIDIA estarão pertinho uma da outra e os jogadores poderão conferir inúmeros periféricos, como mouses, teclados e headsets. As publicadoras Seven e Level UP! estarão lançando seus novos títulos de MMO para o mercado brasileiro e a Riot Games irá organizar um desafio sul-americano entre times do Brasil e de toda a América Latina.

E para aqueles que não querem perder tempo procurando o que desejam ver no pavilhão, aqui vai uma lista das principais atrações a se ver e testar:

  • Nvidia Shield - Nvidia
  • Razer Blade Pro - Razer
  • Razer Edge -  Razer
  • Razer Atrox - Razer
  • Desafio Sul-Americano de League of Legends - Riot Games

Bem vindos à nova geração

Não importa se seu desejo é ver um torneio de League of Legends, testar periféricos, ver youtubers ou jogar Battlefield – todos os que realmente amam games vão fazer filas infinitas para jogar os dois próximos consoles da nova geração que estarão presentes na feira: PS4 e Xbox One.

Sony e Microsoft vão trazer suas novas super máquinas a quase um mês antes do lançamento para que os consumidores brasileiros possam experimentar tudo o que a nova geração pode oferecer em termos gráficos e de jogabilidade.

Do lado da Sony, temos o console mais aclamado da E3, o PlayStation 4, e a "piada mortal" que revoltou todos os brasileiros, o valor de 4 mil reais para a compra do video game em seu lançamento no Brasil.

O valor do console gerou revolta, virou piada e criou memes que espalharam por todos os ventos a revolta dos consumidores com o valor absurdo do console no Brasil. Para mostrar a insatisfação do brasileiro, os visitantes estão organizando um protesto no estande da Sony no dia 26, às 11h, logo após a abertura do evento. Para aqueles que desejam participar, a idéia é colocar um nariz de palhaço, correr para o estande e se juntar a mais uma manifestação em São Paulo.

Os que estão nervosos com o preço e desejam comprar o console no exterior podem aproveitar o evento para conferir o novo Dual Shock 4, que além de estar mais ergonômico, teve inúmeras melhorias e novidades, como os novos gatilhos e a implementação do trackpad como recurso de interação em jogos e ativação de menu. Infelizmente, a Sony não anunciou a presença do PSeye, equipamento equivalente ao Kinect, ou de outros jogos além dos presentes no site da BGS, porém não custa rezar pela presença do periférico e a de alguns jogos independentes, como Secret Ponchos e Transistor.

Fazendo parede com a japonesa temos a Microsoft, que após a repercussão negativa de muitas features do Xbox One, voltou atrás e legalizou geral em relação a jogos usados e conexão. No Brasil, a empresa dominou grande parte do mercado da geração do Xbox 360 e parece que pretende fazer o mesmo com uma política de preços mais sólida que a concorrente. Mesmo caro, seu novo console irá custar quase a metade do valor do PS4: 2.200 reais. Com isso, a empresa está extremamente confortável no Brasil.

Nenhuma das atrações de seu estande foi anunciada, mas pela experiência que tivemos na E3, os visitantes poderão ver como os novos motores do controle do One funcionam e verificar o enorme avanço das tecnologias de sensores de movimento empregadas no Kinect 2.0.

Sobre jogos, podemos esperar Killer Instinct, Forza Motorsport 5 e Ryse: Son of Rome – todos exclusivos do novo console.

Cambistas, filas e comida a preço de ouro

Já mencionamos que os ingressos para os dois primeiros dias já estão esgotados, mas vale a pena mencionar novamente: os ingressos para os dias 26 e 27 estão esgotados e, provavelmente, os do último dia se esgotarão em breve. Não sabemos quantos destes ingressos estão nas mãos de cambistas e quantos não estão. O importante é que pais, mães, tios e avós saibam que os ingressos nas mãos destes "profissionais" são muito mais caros que o comum, e é extremamente arriscado comprar de terceiros, então tomem cuidado! E, antes de arriscar um ingresso nas mãos de um cambista, verifiquem a compra na entrada do evento, que estará custando 80 reais.

Para os que já possuem entradas, se preparem! O evento terá, no total, cerca de 150 mil visitantes que desejam por as mãos em todas as novidades do mercado de games, portanto ninguém deve se assustar com a quantidade e o tamanho das filas em qualquer lugar. Filas, filas everywhere. Elas estarão até mesmo nas praças de alimentação  – que mesmo com o dobro de tamanho, poderão não comportar todos os visitantes.

Além disso, as praças de alimentação têm mais um agravante: comer fora ja é caro, e comer dentro de um evento é mais caro ainda, portanto levar petiscos de casa é uma das melhores opções para todos os que desejam otimizar seu tempo e seu bolso – afinal, o XboxOne irá custar 2.200 reais, e o PlayStation, 4.000.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome