Vídeo online como forma de comunicação e monetização para seu negócio

Por Colaborador externo

Por Gustavo Caetano*

Não é preciso muito para perceber que o futuro do mercado gira em torno da união da internet e dos vídeos online. Nos últimos anos, vimos uma verdadeira revolução tecnológica acontecer. Presenciamos inovações sendo colocadas em prática em diversos segmentos e a TV na internet é o exemplo de um dos setores que apresentaram uma evolução positiva por meio da combinação e aplicação correta de ferramentas tecnológicas que atualmente temos à disposição.

Tratando-se de hábitos de navegação, o estudo de consumo de mídias realizado durante o ano passado pela Secom, Secretaria de Comunicação Social, afirma que em média 36% dos usuários assistem vídeos online e TV na internet. De acordo com uma pesquisa da Cisco, empresa especializa em analisar como as pessoas se conectam, o consumo mundial de vídeos na Internet em 2015 representou cerca de 80% de todo o tráfego de consumo de internet, acima dos 64% em 2014. Além disso, a expectativa do mercado é que a taxa de penetração cresça em 87% até 2018, totalizando 149 milhões de espectadores de vídeo.

Na minha opinião, dados como esses mostram uma total interação de telas, e comprovam que nos dias atuais, o vídeo online se tornou o carro-chefe dos negócios. A internet e a TV se fundiram em uma só e agora todo o conteúdo que temos na tela da TV pode ser transferido para o ambiente online, criando uma ponte com infinitas possibilidades, conteúdos de nicho, novas formas de produção, mais informal e com menor investimento. De acordo com a pesquisa do Conecta Brasil, plataforma que estuda hábitos e costumes dos internautas brasileiros, devido à essa fusão, houve um aumento do uso das multitelas pelas pessoas. Hoje, 88% delas assistem TV e utilizam seus smartphones ao mesmo tempo.

Agora vamos analisar. O número de espectadores online cresceu 39% no segundo semestre de 2014, quando comparado ao ano anterior, e as marcas chegam a apresentar aumento de engajamento de até 90% por usar vídeos. Para se ter uma ideia, três em cada quatro profissionais e executivos de marketing afirmam que esperam ter conteúdo em vídeos online na sua programação nos próximos três a cinco anos. Portanto, para se diferenciar e atingir a audiência certa, é preciso produzir conteúdo premium, focado em um nicho, altamente relevante e com qualidade.

Por meio de plataformas profissionais de vídeos online, é possível mensurar o crescimento e comportamento da audiência. Além disso, algumas delas oferecem tecnologia de ponta, segurança, estabilidade, inovação, crescimento em escala e monetização do conteúdo na internet, pelo modelo de assinaturas ou com uma rede de anunciantes, potencializando os seus ganhos com esse novo modelo de negócio.

Empresas de todos os portes têm destinado boa parte de seu bugdet para vídeos online e investido em TV na internet. Esse, com certeza, é um mercado aquecido e em franco crescimento. Como eu disse, o caminho é produzir conteúdo em vídeo e de alta qualidade, gerar engajamento e apoiar-se em uma plataforma capaz de distribuir e transformar a sua audiência e receita para o seu negócio.

*Gustavo Caetano é CEO da Samba Tech, que ajuda centenas de empresas a se comunicar melhor com sua audiência por meio de vídeos online. Suas soluções de Educação a Distância, Comunicação Corporativa Transmissão ao Vivo e TV na Internet cuidam de ponta a ponta, desde o momento que o vídeo sai da câmera até ele ser distribuído para qualquer aparelho conectado à internet. Através da tecnologia de streaming, a empresa leva o conteúdo de seus clientes a milhares de pessoas, tornando mais democrático o acesso a uma mensagem de qualidade.