Índice de alcance de e-mails comerciais melhora no Brasil

Por Redação | 02.08.2016 às 14:10

Apesar de o e-mail parecer para muita gente uma modalidade arcaica, ele ainda é um dos sistemas de comunicação mais utilizados pelos usuários, sendo essencial para a experiência online. E nesse sentido, uma pesquisa da Return Path, empresa especialista em otimização de marketing e proteção de companhias e consumidores, revelou que as mensagens das marcas para seus clientes tiveram aumento em eficácia durante o primeiro semestre de 2016.

A conclusão é de um relatório de benchmark da empresa, que revelou que, nos primeiros seis meses deste ano, a taxa de entregabilidade dos e-mails no Brasil foi de 84%. É um aumento de 10% em relação ao ano passado em um índice que indica o sucesso no recebimento do e-mail marketing — ele significa que as mensagens chegaram efetivamente à caixa de entrada, sem serem consideradas como spam ou se perderem em meio a servidores.

De acordo com a Return Path, o total mostra grande melhoria, principalmente, nas práticas usadas pelas empresas e seus profissionais de marketing, que estão trabalhando com mensagens mais direcionadas, eficazes e de maior interesse para os clientes. Prova disso é que o índice de entregabilidade brasileiro, em 2014, era de apenas 60%, enquanto no ano passado, foi de 74%.

Apesar do nível alto registrado no Brasil, entretanto, o índice nacional ainda está abaixo do mundial, que é de 87%. Entretanto, internacionalmente, essa taxa vem apresentando flutuação, com 83% de entregabilidade em 2014 contra 79% no ano seguinte, e um novo crescimento registrado neste primeiro semestre. Enquanto isso, os números do nosso país apenas crescem, o que mostra uma tendência.

Segundo a Return Path, o segmento com mais eficácia no e-mail marketing é o de artigos domésticos e materiais de construção, com 95% de sucesso, seguindo de viagens (94%), vestuário e acessórios (93%), computadores e eletrônicos (92%), empatados com o setor bancários e financeiro. Empresas de peças e acessórios automotivos tiveram o menor grau, de 66%.

Para a empresa, a melhor forma de melhorar o índice das companhias é garantir que a reputação de sua marca seja grande. Links para descadastro devem ser bem visíveis e os domínios utilizados para envio de e-mail precisam estar autenticados. O envio de e-mails responsivos a diferentes dispositivos e uma segmentação de acordo com interesse dos usuários também ajuda a melhorar os níveis de eficácia das comunicações.

Fonte: Return Path