Apple libera correção para a brecha de segurança descoberta no macOS High Sierra

Por Redação | 29 de Novembro de 2017 às 18h47
TUDO SOBRE

Apple

A falha de segurança para lá de bizarra do macOS High Sierra, descoberta na terça-feira (28), já foi corrigida pela Apple, que liberou uma atualização emergencial do sistema a todos os usuários.

Com a brecha, qualquer pessoa seria capaz de desbloquear o computador digitando "root" no campo do nome do usuário, e insistindo na autenticação pelo menos duas vezes, sem nada digitado no campo da senha. Com este acesso, o invasor poderia fazer alterações no sistema, podendo instalar arquivos maliciosos na máquina do usuário, inclusive de maneira remota.

Nas informações do update, a Maçã disse que encontrou "um erro lógico existente na validação de credenciais", garantindo a solução, bastando instalar a atualização do macOS High Sierra 10.13.1 – a única versão afetada pelo problema. E essa solução foi desabilitar o acesso ao sistema operacional por meio do usuário "root", sendo que, os usuários que desejarem manter essa opção, deverão fazer sua ativação manualmente, por sua conta e risco.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A nova versão do macOS com a correção para o bug não "pipoca" automaticamente em sua tela, sendo necessário acessar a App Store e procurar o macOS na lista de aplicativos que já podem ser atualizados. Ali, é só escolher o download e instalação do pacote de correção liberado nesta quarta (29).

Fonte: IT News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.