Steve Jobs teve papel fundamental na compra da Marvel pela Disney; Entenda

Por Felipe Ribeiro | 19 de Setembro de 2019 às 15h30
Vanity Fair

O livro The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company, que conta a trajetória do atual CEO da Disney, Bob Iger, vai mesmo dar o que falar. O pessoal da Vanity Fair já tem a publicação em mãos e está divulgando trechos dos mais "cabeludos", sobretudo aqueles em que Steve Jobs, cofundador da Apple, aparece com grande destaque. É sempre bom lembrar que Jobs e Iger eram grandes amigos e que muitos dos negócios efetuados pela Disney no período tiveram grande influência de Steve, incluindo, sim, a compra da Marvel.

Segundo Iger, uma ligação de Steve Jobs, que após a aquisição da Pixar pela Disney o tornou um dos grandes acionistas da gigante do entretenimento, fez toda a diferença no processo. À época, o contato de Jobs com Ike Perlmutter, CEO da Marvel e acionista controlador, serviu para "amolecer" o executivo e fazer com que o negócio fosse fechado mais tarde, mesmo que com ressalvas de Steve, que não gostava muito de quadrinhos e coisas do gênero.

"Steve se tornou membro do conselho da Disney e nosso maior acionista, e sempre que eu queria fazer algo grande, conversava com ele. Em 2009, após nossa bem-sucedida aquisição da Pixar, estávamos interessados ​​em adquirir a Marvel, então eu me encontrei com ele e contei essa ideia", revela Iger. "Ele alegou nunca ter lido uma história em quadrinhos em sua vida ('Eu as odeio mais do que os videogames', ele me disse), então eu trouxe uma enciclopédia de personagens da Marvel comigo para explicar o universo para ele e mostrar a ele o que nós compraríamos. Ele passou cerca de 10 segundos olhando para ele, depois empurrou-o para o lado e disse: “Isso é importante para você? Você realmente quer isso? É outra Pixar?", completou.

Anos depois, o próprio Iker Perlmutter revelou que o contato de Jobs fora fundamental para que o negócio fosse concretizado, já que o excecutivo da Marvel entendeu que a presença de Steve trazia a importância necessária para o episódio.

"Perguntei se ele estaria disposto a entrar em contato com Ike Perlmutter, CEO da Marvel e acionista controlador, e atestar por mim. Mais tarde, depois de fecharmos o acordo, Ike me disse que ainda tinha suas dúvidas e a ligação de Steve fez uma grande diferença. "Ele disse que você era fiel à sua palavra", disse Ike. Fiquei grato por Steve estar disposto a fazê-lo como amigo, realmente, mais do que como o membro mais influente de nosso conselho."

The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company será lançado mundialmente em 23 de setembro.

Fonte: Vanity Fair

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.