Aprenda a instalar e remover programas do Ubuntu

Por Felipe Arruda

Se você leu nosso guia sobre distros Linux, já sabe que o Ubuntu Linux está repleto de softwares que são instalados com o sistema. Mas o melhor é saber que, além deles, existem milhares de outros programas disponíveis, prontos para serem instalados a qualquer momento.

São aplicações para escritório, desenvolvimento, entretenimento, multimídia e até tarefas científicas, todas presentes na Central de Programas do Ubuntu. Mas, antes de partir para o uso do software, que tal entendermos um pouco da mágica que acontece por baixo da interface gráfica?

ubuntu

O que são pacotes?

Quando baixamos e instalamos um programa mais complexo, como a suíte de escritório LibreOffice, por exemplo, estamos manipulando diversos arquivos que são armazenados em partes específicas do sistema. Executáveis, bibliotecas, imagens e documentos são apenas alguns exemplos do que compõem um software.

Para facilitar o gerenciamento disso tudo, o Ubuntu Linux e outras distros trabalham com o conceito de pacotes, ou seja, um "arquivão" que contém não apenas os componentes necessários para executar o programa, mas também scripts de instalação e metadados.

Os pacotes que já possuem o software compilado, isso é, pronto para ser executado em determinadas distros e arquitetura de computador, são chamados de pacotes binários. Em contrapartida, também existem os pacotes source, ou seja, que possuem os arquivos com o código-fonte do software e, com os devidos procedimentos de compilação, podem ser executados em qualquer máquina com o Ubuntu Linux.

Dependências

Muitos softwares fazem uso de bibliotecas que também são acessadas por outros programas. Dessa forma, em vez de cada programa trazer sua própria versão daquela biblioteca, tudo é empacotado independentemente. Isso evita redundância de esforço e também diminui o risco de que desenvolvedores forcem certas personalizações na biblioteca compartilhada e acabem causando incompatibilidade com outros programas.

Por isso, é comum ver avisos do sistema informando ao usuário que, para determinado software ser instalado, será necessário instalar pacotes adicionais. Felizmente, hoje esse tipo de procedimento é realizado de maneira automática e o usuário só precisa concodar com a ação a ser tomada.

Gerenciando pacotes

Houve uma época em que a instalação de pacotes precisava ser feita exclusivamente por comandos no console, o que consumia tempo e exigia um certo trabalho. Era necessário, por exemplo, lidar manualmente com todas as dependências necessárias para a instalação de um software, obedecendo, inclusive, a ordem de instalação desses pacotes. Mas, felizmente, isso ficou no passado.

Central de Programas do Ubuntu Linux

Hoje existe maneiras bem mais práticas e simples de se instalar e remover programas do Ubuntu. A principal delas é por meio da Central de Programas, que pode ser executada pelo Launcher localizado no lado esquerdo da tela.

Para usar a Central sem problemas é necessário ter uma conexão ativa com a Internet. Afinal, todos os programas estão armazenados em espaços virtuais remotos conhecidos como repositórios.

Instalando um programa no Ubuntu

Para instalar uma aplicação, você pode começar navegando pelas categorias posicionadas na lateral esquerda da Central de Programas do Ubuntu. Ao encontrar o programa desejado, clique sobre ele e, em seguida, no botão "Instalar". Por medidas de segurança, é necessário informar a senha do seu usuário para que o software seja instalado com sucesso.

Instalar programa no Ubuntu Linux

Assim que a ação for concluída, o software instalado estará disponível na parte inferior do Launcher. Basta clicar sobre o ícone e executá-lo.

Remover um programa instalado

Para remover um programa instalado anteriormente, voltaremos à Central de Programas. Lá, clique no botão "Instalados" para listar todo os softwares presentes no sistema. Depois disso, o procedimento é bastante similar ao de instalação.

Remover programa do Ubuntu Linux

Basta navegar pelas categorias, selecionar o programa desejado e, em seguida, clicar no botão "Remover". A senha do usuário também será solicitada para que a ação seja efetivamente realizada.

Histórico de instalações e remoções

Caso você queira ter uma ideia da quantidade de arquivos manipulados durante a instalação e remoção de pacotes do seu sistema, clique no botão "Histórico" da Central de Programas do Ubuntu.

Histórico Central de Programas

Analisando a lista, você perceberá quantos pacotes foram instalados ou excluídos sem que sequer notássemos. Já pensou no trabalho de gerenciar tudo isso manualmente?

Há técnicas mais avançadas de gerenciamento de pacotes que podem ser adotadas pelo usuário. Com elas, é possível personalizar a lista de repositórios e o uso de gerenciadores do modo texto, como o dpkg. Esse assunto, porém, é tema de um próximo tutorial. Fique ligado no Canaltech.

Este artigo faz parte de nossa biblioteca de conteúdo "Tudo o que você precisa saber sobre o Linux". Não deixe de acessar e conferir todo o conteúdo publicado sobre o Pinguim.

Fonte: Ubuntu.com

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.