Adobe revive Flash Player no Linux e manterá suporte para o plugin no sistema

Por Redação | 06 de Setembro de 2016 às 06h10

Em 2012, a Adobe decidiu parar de atualizar o Flash Player via NPAPI no Linux, também encerrando a entrega de atualizações de segurança. Contudo, agora a companhia voltou atrás na decisão de quatro anos atrás e ressuscitará o Flash Player no sistema operacional. O recurso voltará a ter suporte no Linux e terá novos pacotes com melhorias e atualizações de segurança daqui para frente.

“No passado, comunicamos que o suporte NPAPI do Flash para Linux seria encerrado em 2017. Mas agora gostaríamos de salientar que não vamos mais prosseguir com o fim da aplicação. Graças ao número de solicitações recebidas da comunidade, vamos continuar liberando pacotes de segurança e novas versões tanto via NPAPI quanto PPAPI para Linux de forma regular”, disse a Adobe em comunicado oficial. “Porém, ressaltamos que a versão instalada via download não contará com recursos como aceleração de GPU 3D e conteúdos DRM. Caso necessite destas funcionalidades, recomendamos que você use a versão PPAPI do Flash Player”, explicou.

A companhia informou ainda que continuará oferecendo suporte para quem ainda usa Flash Player no Firefox, contrariando a notícia de que a aplicação deixaria de funcionar no navegador da Mozilla ainda em 2016. Já o Chrome havia anunciado que passaria a bloquear conteúdos em Flash a partir de setembro, mas o plugin do Flash Player no formato PPAPI continua funcionando.

Os usuários de Linux podem fazer o download da nova versão beta do Flash Player na página da Adobe Labs.

Fonte: Adobe

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.