Em comunicado, Canonical afirma que serviço Ubuntu One será descontinuado

Por Redação | 02 de Abril de 2014 às 14h01

A Canonical, dona do popular sistema operacional Ubuntu, anunciou nesta quarta-feira (02) que o seu serviço de armazenamento de arquivos na nuvem, o Ubuntu One, será descontinuado. A empresa está desistindo da guerra dos serviços de armazenamento na nuvem devido aos cortes agressivos de preços promovidos nos últimos dias pelos demais players do mercado.

Graças às ofertas da concorrência, que vão de 25 GB a 50 GB de espaço de armazenamento gratuito, não foi possível para o Ubuntu One se manter no mesmo nível. Além do serviço de armazenamento, o adeus também é válido para o serviço de streaming de música existente no Ubuntu One. Através dele, os usuários podiam reproduzir músicas armazenadas no serviço de maneira similar ao Google Music.

Ubuntu One

A Canonical foi objetivo no anúncio e afirmou que não poderia competir a nível global sem realizar grandes investimentos, o que não é o desejo da empresa. A partir de agora não é possível se cadastrar no Ubuntu One, nem pagar por upgrades para conseguir mais espaço.

Apesar disso, os usuários poderão baixar seus arquivos até o final de julho, quando o serviço sairá definitivamente do ar. O Ubuntu 14.04 TLS já não contará mais com o programa. A empresa também anunciou que quem pagou pela assinatura anual do serviço será reembolsado pelos meses que faltam até o fim do período, contando a partir de hoje.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.