Para se concentrar no conselho, Laércio Cosentino deixa a presidência da TOTVS

Por Rafael Arbulu | 27 de Novembro de 2018 às 08h39
(Foto: Carol Carquejeiro/Forbes)

Liderando a companhia desde a sua fundação em 1983 (quando ainda se chamava “Microsiga”), o agora ex-presidente da TOTVS, Laércio Cosentino, deixa o cargo para de dedicar exclusivamente à gestão e liderança do conselho da empresa. Em comunicado oficial, a empresa confirmou a saída do executivo e sua substituição pelo ex-Linx Dennis Herszkowicz, que assume a posição em caráter imediato.

O comunicado da TOTVS ainda informa que a posição de “diretor executivo chefe” será descontinuada, e Juliano Tubino (ex-Accenture), que ingressou à TOTVS em abril deste ano, assume o cargo de vice-presidente de estratégia de negócios e digital, acumulando junto do posto de diretor vice-presidente de negócios para os segmentos de micro e pequenas empresas e financial service, depois da renúncia de Eros Alexandre Jantsch.

Laércio Cosentino (foto) presidia a TOTVS desde a sua fundação, em 1983: executivo deixa o cargo para priorizar a gestão do conselho da empresa (Foto: Carol Carquejeiro/Forbes)

“Estas alterações na administração da companhia fazem parte do plano de sucessão desenvolvido pelo conselho de administração (...) com o apoio dos seus comitês de assessoramento e de uma consultoria externa”.

A única transição de poder dentro da TOTVS foi feita em 2015, quando o próprio Laércio Cosentino fez uma proposta a Rodrigo Kede, que dirigia a IBM no Brasil, de assumir a direção executiva da empresa. Kede exerceu a função por seis meses, renunciando ao cargo por motivo de saúde e retornando à IBM, onde está até hoje.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.