De líder para líder: como fazer o ano de sua equipe começar pra valer

Por Colaborador externo
photo_camera Divulgação

Por Renato Lopes*

Muito se fala que no Brasil o ano só começa depois do carnaval. Infelizmente no ambiente corporativo não é diferente. O que mais vejo são projetos serem iniciados somente após o carnaval. E para a área comercial? A maioria das visitas para novos negócios também deve esperar todo esse tempo para serem iniciadas. Passado, então, o carnaval, agora é gás total, certo? Seria, se não fosse tão difícil fazer as equipes entrarem no clima...

Você, gestor, o que faz para iniciar de verdade o ano de sua equipe? Como tirar seus colaboradores do clima de feriado? É justamente sobre isso que vamos falar a partir de agora: como dar uma sacudida e colocar a engrenagem para funcionar.

Estamos na primeira semana pós-carnaval. Ainda dá tempo de fazer uma reunião com a equipe, como se fosse a primeira reunião do ano, para revisar os resultados do ano anterior e pontuar as metas para esse ano. Vale aqui enfatizar que já se foram dois meses de 2015, isto é, não há mais tempo a perder, e os projetos precisam caminhar o mais rápido possível. Sendo assim, revise cada projeto com o objetivo de pontuar a prioridade de cada um deles.

Prioridades definidas, discuta essas decisões com cada membro da equipe. Isso é importante para que eles comprem a ideia, já que são parte integrante e essencial do processo. Lembre-se: o projeto você vende a sua equipe para poder engajá-los ao invés de simplesmente impor ordens, além de trazer resultados muito mais satisfatórios, gera confiança e credibilidade em sua liderança.

Projetos e objetivos definidos e discutidos, saia da ideia macro e vá para o micro. Entre nas tarefas e nas delegações de cada uma delas. Se a sua equipe tem um perfil empreendedor, deixe que os membros escolham as tarefas que serão mais desafiadoras para eles. Caso não, delegue conforme seu conhecimento e know-how, levando em conta não só o técnico, mas também o feeling para obter um bom resultado.

Essas tarefas devem ter metas de curto prazo. Assim, você pode acompanhar em um menor espaço de tempo e colocar de verdade a equipe no ritmo de início de ano. Ao fim de cada semana, faça uma reunião rápida de status, e se for necessário, realoque as tarefas. Muitas vezes isso pode e deve ser feito não por atraso ou algo mal feito, mas sim para dar mais dinamismo ao projeto, inclusive se for uma tarefa repetitiva, pois as pessoas podem descobrir formas distintas de executar a mesma tarefa, otimizando e gerando conhecimento a todos.

No fim do mês, o projeto estando fechado ou não, faça um status mensal com a equipe. Mostre a eles a evolução dividida por tarefas. Caso o projeto necessite ser prolongado por mais um mês, realinhe as expectativas e defina uma nova meta. Nesse momento, é de grande valia que seu cliente possa participar, seja ele interno ou externo. Assim, pode mostrar as evoluções, dificuldades e qual o caminho a seguir. Mostre que a caminhada é uma maratona e estão todos juntos em busca do mesmo objetivo!

Projetos alinhados e tarefas designadas, mostre que o ano realmente começou e que se não nos atentarmos, quando nos dermos conta, ele já estará por acabar novamente.

Portanto, o que pode ser feito hoje, faça hoje. Se pode auxiliar seu colega para um bem maior, faça-o. Se conhece uma forma melhor, mais fácil ou produtiva de fazer algo, mostre. Lembre-se: o ano não passa, ele voa. Logo o carnaval estará de volta seja, para nos alegrar ou nos atrasar.

*Renato Lopes é Gestor da área de TI e acredita que a humanização dessa área é a chave para conquistar equipes de alta performance e auto gerenciáveis. Palestrante e Professor Universitário, Renato busca compartilhar técnicas e soluções para formar times vencedores e entusiastas, buscando a qualidade de vida junto à satisfação do trabalho.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.