Justiça ordena que Google e Facebook apaguem fotos do corpo de Cristiano Araújo

Por Redação | 26 de Junho de 2015 às 18h45
photo_camera Reprodução/Googlw

O juiz William Fabian, da 3ª Vara de Família de Goiânia, concedeu uma decisão liminar para que todas as imagens que mostrem a preparação do corpo do cantor Cristiano Araújo antes de seu enterro sejam retiradas das páginas do Google e do Facebook. A decisão passa a valer imediatamente e, em caso de descumprimento, terá multa diária de R$ 10 mil.

"O que fizeram foi um desrespeito muito grande [...] Se as empresas não retirarem essas fotos e vídeos do ar, os responsáveis legais por cada uma poderão até ser presos, pois a manutenção e divulgação configura o crime de vilipendiar cadáver [desrespeito ao corpo]", afirmou o juiz em entrevista ao G1. O crime tem pena prevista de 1 a 3 anos de reclusão.

A decisão foi publicada na noite da última quinta-feira (25) e pede para que sejam tomadas todas as providências necessárias para "cessar imediatamente a disseminação das imagens degradantes da rede mundial de computadores".

A Polícia Civil de Goiás indiciou os dois funcionários da clínica onde o corpo do cantor foi preparado. Uma terceira pessoa, responsável por divulgar as imagens, também poderá ser indiciada pelo crime. O delegado responsável pelo caso destacou ainda que qualquer pessoa que divulgar as imagens pode ser indiciada pelo crime de vilipêndio de cadáver.

Na manhã desta sexta-feira (26), a assessoria de imprensa da Clínica Oeste confirmou que os funcionários já haviam sido demitidos. Em nota, o estabelecimento afirmou que repudia a ação dos empregados. "A Clínica Oeste existe há quatro anos e reitera seu compromisso com a ética, a transparência, o zelo pela prestação do serviço e o respeito às famílias, e se solidariza com todos os que, como ela, repudiam tal ato", explica o texto.

Em uma das fotos que se espalharam rapidamente pelas redes sociais, o cantor aparece com hematomas no rosto enquanto em outra, ele está com o terno que vestia quando foi sepultado. Já o vídeo mostra o processo de preparação do corpo na clínica.

Questionado, o Google informou que ainda não foi formalmente intimado, razão pela qual não pode se pronunciar. O Facebook ainda não se pronunciou.

Acidente

Cristiano Araújo morreu em um acidente de carro na BR-153, entre Morrinhos e Pontalina, ambos no interior de Goiás, na quarta-feira (24) quando voltava de um show em Itumbiara, no sul do estado. No veículo também estava a namorada do cantor, a estudante Allana Coelho, de 19 anos, que morreu no local, além do motorista do músico, Ronaldo Miranda, e do empresário Victor Leonardo – os dois se feriram, mas já receberam alta do hospital.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.