França processa Amazon por abuso de posição dominante

Por Redação | 18 de Dezembro de 2017 às 16h26
Tudo sobre

Amazon

O governo francês encaminhou uma queixa nesta segunda-feira (18) ao Tribunal de Comércio de Paris, sob a alegação de que a Amazon estaria se aproveitando de sua posição dominante no mercado para negociar com alguns fornecedores.

Conforme observa o jornal Le Parisien, esta nova denúncia dá segmento à uma investigação que está sendo conduzida há dois anos pelo DGCCRF, órgão fiscalizador de fraudes contra o consumidor, na qual o Ministério de Economia busca uma multa 10 milhões de euros contra a gigante do e-commerce.

Loic Tanguy, representante do DGCCRF, disse ao Le Parisien  que “a plataforma impôs relações desequilibradas aos seus vendedores”.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ainda de acordo com jornal francês, a Amazon pode abusar de sua influência no mercado, entre outras coisas, para realizar mudanças unilaterais nos termos de contrato ou até mesmo suspender contratos que possui com mais de 10 mil companhias francesas, que necessitam da plataforma de sua para vender seus produtos.

Apesar de uma autoridade do Ministério de Comércio ter confirmado a queixa contra a Amazon, não foram fornecidos mais detalhes sobre o assunto. A Amazon, por sua vez, informou que não comenta processos judiciais.

Fonte: VentureBeat via Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.