Ex-CEO da Mt. Gox vai a julgamento por acusação de desvio de Bitcoins

Por Redação | 10 de Julho de 2017 às 14h59
photo_camera Fonte: Reprodução

A falência da companhia Mt. Gox é um dos casos mais marcantes envolvendo o incidente de fraudes relacionadas ao uso da moeda virtual Bitcoin, que resultou na acusação do próprio ex-presidente da empresa sob a alegação de desvio de bitcoins e fraude.

Apesar de estar em andamento desde 2014, o caso ainda está sendo investigado e apurado pelas autoridades japonesas, apontando como suspeito o ex-CEO da MT. Gox, Mark Karpeles. Em 2015, Karpeles foi localizado e preso no Japão, mas foi liberado sob fiança no ano seguinte.

Porém, esta novela pode estar muito próxima de acabar, pois Karpeles vai a julgamento nesta terça-feira (11) em um tribunal de Tóquio. O ex-presidente da Mt. Gox é acusado de ter desviado US$ 1 milhão em bitcoins para sua carteira logo após o anúncio de falência da empresa, em 2013, prejuízo o qual ele alega estar associado à atividade de hackers.

Seja qual for o resultado do julgamento, é muito provável que os clientes da empresa que tiveram prejuízo com o sumiço dos bitcoins acompanhem de perto o desfecho deste caso, pois detalhes sobre o ataque hacker, que culminou na maior parte do prejuízo da Mt. Gox, podem ser revelados durante o processo.

Via: Motherboard

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.