Apple pede que Supremo Tribunal fique contra a Samsung em processo de patentes

Por Redação | 01.08.2016 às 07:19

Desde 2011, Apple e Samsung estão envolvidas em uma disputa judicial por conta de uma acusação de violação de patentes, e aparentemente a história não vai terminar tão cedo.

O caso, que já vem se arrastando há quatro anos, poderia ter chegado ao fim quando a companhia sul-coreana aceitou pagar a quantia de US$ 548 milhões à Maçã, mas, insatisfeita com o resultado, a fabricante do Galaxy solicitou a revisão do caso.

Diante do pedido, em junho deste ano a justiça norte-americana concordou em revisar a condenação para que o caso seja melhor analisado, e assim o processo ganhou nova data para tramitação. No dia 11 de outubro a Suprema Corte dos Estados Unidos ouvirá a defesa da gigante de Cupertino e o apelo da Samsung para, quem sabe, tomar um posicionamento definitivo.

Quem não ficou feliz com a revisão foi a Apple, que já contava com o processo ao seu favor. Pensando em se proteger, a Maçã alegou na última sexta-feira (29) que não há necessidade de que o caso seja reaberto em uma instância inferior, já que a companhia sul-coreana não foi capaz de dar provas que justifiquem a violação de design. Assim, a empresa norte-americana pediu à Corte que se manifeste contrária a solicitação da sul-coreana.

O caso será avaliado por oito membros do Superior Tribunal. Caso a opinião do júri fique empatada, o veredicto contra a Samsung será mantido e a empresa continuará com a obrigação de pagar os US$ 548 milhões que deve à Apple.

Fonte: Pocketnow