Apple é investigada sob acusação de práticas desleais na App Store

Por Se Hyeon Oh | 10 de Agosto de 2019 às 18h00
(Imagem: Reprodução/Softpedia)
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

A Apple está sendo alvo de investigação da FAS, a agência federal Anti-Monopólio da Rússia, sob a acusação de executar práticas desleais no mercado. De acordo com a Reuters, as autoridades russas analisam uma queixa da Kaspersky Lab, protocolada em março, sobre a remoção de seu aplicativo, o Safe Kids, de sua loja de apps, a App Store. O laboratório de segurança digital acredita que a ausência do programa em questão coloca "a segurança e a privacidade do usuário em risco".

Vale lembrar que a empresa recebeu várias críticas nos EUA e na União Europeia por causa do seu rígido controle em cima dos aplicativos que permitem aos pais limitar o tempo de tela de seus filhos. Assim, a Maçã lançou, neste verão, uma nova política para esse tipo de app, permitindo a adição de softwares que dependem de uma VPN ou MDM (gerenciamento de dispositivos móveis), desde que elas garantissem que não iriam vender ou utilizar os dados das crianças para empresas terceiras.

Segundo a Reuters, o Safe Kids conta com o MDM, de forma que o desenvolvedor do aplicativo diz que, embora as novas regras da Apple permitam um uso limitado da tecnologia para aplicativos de controle parental, os procedimentos para a obtenção da permissão da empresa não são claros.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.