Samsung processa NVIDIA por forjar testes do processador Tegra K1

Por Redação | 12 de Novembro de 2014 às 12h40

Anunciado como um dos processadores mais potentes do mercado, o Exynos 5433 da Samsung pode aproveitar esse título por pouco tempo já que, logo após a revelação dos primeiros testes do benchmark, a NVIDIA mostrou que o Tegra K1 era mais poderoso. Mas, para a fabricante sul-coreana, os números apresentados pela empresa norte-americana não são verdadeiros e, sendo assim, está processando ela por danos à própria marca.

O suposto resultado forjado aparece em números oficiais que comparam o Galaxy Note 4 ao SHIELD, equipamento da NVIDIA voltado para jogos de alto desempenho. Nos testes apresentados pela NVIDIA, o Exynos 5433 aparece com uma pontuação de 40.303 contra 41.736 do Tegra K1, que faz parte do topo de linha da Samsung para dispositivos móveis.

A norte-americana, claro, nega a falsificação dos dados e afirma que os experimentos foram feitos com dois equipamentos em seu primeiro funcionamento, logo após terem sido retirados da caixa. A ferramenta usada foi a reconhecida AnTuTu Benchmark, utilizada como um padrão na indústria para testes de desempenho de processadores utilizados em dispositivos que rodam o sistema operacional Android.

De acordo com o Engadget, a ação, na verdade, trata-se de uma resposta a uma briga judicial que já vem ocorrendo e teria sido detonada, primeiro, pela NVIDIA. A fabricante está processando a Samsung por quebra de patentes em uma série de tecnologias relacionadas ao processamento de vídeos em seus componentes mobile. A fabricante coreana, inclusive, respondeu na mesma moeda e disse que a rival também fez o mesmo com seis tecnologias registradas durante a produção do Tegra K1.

Em resumo, trata-se de uma longa batalha judicial, com acusações de ambos os lados e nenhuma previsão de ser encerrada. Enquanto isso, milhões de dólares são gastos com advogados enquanto papéis e documentos são apresentados à justiça, numa batalha que acontece de forma tão ferrenha quanto a competição dos dispositivos no mercado, só que muito mais enfadonha.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.