Microsoft vai processar Kyocera por violação de patentes

Por Redação | 10 de Março de 2015 às 10h09
Divulgação
Tudo sobre

Microsoft

Processos entre gigantes da tecnologia não são nenhuma novidade e o caso da vez envolve a Microsoft e uma "novata" no assunto. A empresa norte-americana vai processar a Kyocera por supostas violações de patente em aparelhos Android lançados pela companhia, revelou a agência de notícias Reuters nesta segunda-feira (9).

De acordo com a Microsoft, a rival japonesa violou sete de suas patentes nos smartphones Duraforce, Hydro e Brigadier. A companhia fundada por Bill Gates entrou na justiça na corte de Seattle, nos Estados Unidos, e a rival ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

“Respeitamos a Kyocera, mas acreditamos que eles precisam licenciar as tecnologias patenteadas que estão utilizando”, diz o comunicado divulgado pelo advogado da Microsoft, David Howard. “Nós esperamos que este caso possa ser resolvido de maneira amigável”, complementa.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

As patentes que teriam sido violadas incluem detalhes do serviço de localização do gadget, bem como o mecanismo de mensagens de texto por ele utilizado. Todos os três aparelhos, vale lembrar, rodam versões do Android, mas, aparentemente, as violações não tem nada a ver com o Google, desenvolvedor do sistema operacional.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.