Microsoft vai processar Kyocera por violação de patentes

Por Redação | 10 de Março de 2015 às 10h09
photo_camera Divulgação

Processos entre gigantes da tecnologia não são nenhuma novidade e o caso da vez envolve a Microsoft e uma "novata" no assunto. A empresa norte-americana vai processar a Kyocera por supostas violações de patente em aparelhos Android lançados pela companhia, revelou a agência de notícias Reuters nesta segunda-feira (9).

De acordo com a Microsoft, a rival japonesa violou sete de suas patentes nos smartphones Duraforce, Hydro e Brigadier. A companhia fundada por Bill Gates entrou na justiça na corte de Seattle, nos Estados Unidos, e a rival ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

“Respeitamos a Kyocera, mas acreditamos que eles precisam licenciar as tecnologias patenteadas que estão utilizando”, diz o comunicado divulgado pelo advogado da Microsoft, David Howard. “Nós esperamos que este caso possa ser resolvido de maneira amigável”, complementa.

As patentes que teriam sido violadas incluem detalhes do serviço de localização do gadget, bem como o mecanismo de mensagens de texto por ele utilizado. Todos os três aparelhos, vale lembrar, rodam versões do Android, mas, aparentemente, as violações não tem nada a ver com o Google, desenvolvedor do sistema operacional.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.