Liminar obtida pelo MP proíbe vendas da rede Ricardo Eletro pela internet

Por Redação | 24 de Julho de 2013 às 11h53

O Ministério Público do Rio de Janeiro obteve nesta terça-feira (23) uma liminar que proíbe a venda de produtos pela internet da rede Ricardo Eletro, até que a companhia realize a entrega de produtos comprados pelo seu site e que estão atrasadas. A notícia foi divulgada em nota oficial pelo MP em seu site.

A liminar, obtida em ação pública iniciada pela 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital, estipulou multa diária de R$ 100 mil à empresa caso descumpra a decisão judicial, e ainda determina que a rede estipule novos prazos para a entrega dos produtos em atraso e que eles sejam cumpridos.

O promotor Julio Machado detalhou no texto da ação que a Ouvidoria do MP recebeu diversas reclamações de consumidores contra a rede Ricardo Eletro e que o site Reclame Aqui contabilizou 22.818 queixas por descumprimento de prazos de entrega, o que é caracterizado como uma violação ao Código de Defesa do Consumidor. A ação ainda revela que após descumprir o primeiro prazo estipulado para a entrega dos produtos, a empresa fixava novas datas que também eram descumpridas e o cliente tinha dificuldades para cancelar sua compra. Machado requer que a rede pague indenização por danos morais e materiais aos clientes que foram prejudicados.

Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, a Ricardo Eletro informou que não recebeu a intimação com a decisão da Justiça do Rio de Janeiro e que irá adotar todas as medidas possíveis assim que isso acontecer. A companhia ainda afirmou por meio de nota oficial que realiza um levantamento detalhado das compras efetuadas no Rio para "identificar eventuais falhas e solucioná-las o quanto antes".

"É importante dizer que os atrasos nas entregas na maior parte das vezes estão relacionados a problemas como pedido de falência da transportadora, greves e paralisações", afirmou a Ricardo Eletro. Ainda em nota, a companhia afirmou que inaugurou em maio um novo centro de distribuição com 16 mil metros quadrados para tornar as entregas mais rápidas. "A empresa adquiriu este ano o selo diamante da consultoria e-bit, dado a companhias na internet com alto índice de eficiência e qualidade no atendimento".

Sobre as reclamações registradas no site Reclame Aqui, a empresa informou que respondeu a 100% das queixas e que seu índice de solução de problemas é superior a 80% nas compras realizadas no Rio de Janeiro. "Entretanto, o Reclame Aqui exige que o consumidor registre a solução de sua queixa para que seja considerada solucionada, o que na maior parte das vezes não acontece. Mesmo assim, a Ricardo Eletro está estruturando uma área de atendimento apenas para cuidar das queixas que chegam pelo Reclame Aqui, a fim de atender melhor seus clientes", disse a companhia.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.