Kim Dotcom, fundador do Megapuload, sai da prisão

Por André Fogaça | 22 de Fevereiro de 2012 às 18h29

O empresário e fundador do site de compartilhamento de arquivos Megaupload foi solto nesta quarta-feira. A volta à liberdade ocorreu mesmo sem o pagamento de fiança, já que o juiz que acompanha o caso decidiu que ele não teria condições de escapar da Nova Zelândia.

Atual página do Megaupload

Na segunda quinzena de janeiro, o responsável pelo site Megaupload foi preso e todos os seus bens foram confiscados pelo FBI e o governo da Nova Zelândia. Desde sua prisão até hoje, o jovem milionário estava morando na prisão do bucólico país (onde foram gravadas as cenas do filme O Senhor dos Anéis), o que acabou nesta tarde.

A decisão de sua liberdade veio após o juiz que acompanha o caso concluir que sua fuga do país seria impossível, já que todos seus bens estão em poder da justiça. Sua soltura nada tem a ver com o fim dos processos, a única diferença que vai acontecer agora é que ele poderá aguardar a decisão da justiça em casa.

Os processos correm nos Estados Unidos e é bem provável que a justiça americana pressione a Nova Zelândia para a extradição do réu para a Terra do Tio Sam. Kim é acusado de facilitar o download de milhares de arquivos com conteúdo ilegal a partir do Megaupload, como filmes, músicas e outros.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.