José Sarney consegue, na Justiça, bloqueio da conta de blogueira do Amapá

Por Redação | 17.05.2013 às 16:51

O ex-presidente do Senado, José Sarney, conseguiu por meio de uma decisão judicial publicada pelo Juizado Especial de Fazenda Pública e 10ª Zona Eleitoral de Macapá, no Amapá, o bloqueio das contas bancárias da blogueira Alcinéia Cavalcante. O juiz que analisou o caso, José Luciano Assis, também determinou a cobrança de R$ 2 milhões, com juros e multa, por danos causados a Sarney.

Alcinéia, que não possui o montante exigido e conta apenas com uma aposentadoria de professora para se sustentar, foi processada pelo político depois de lançar uma proposta em seu blog, sugerindo que os brasileiros fizessem um adesivo com a seguinte frase: "O carro que mais combina comigo é um camburão da polícia". O adesivo deveria ser colocado no carro de luxo de algum político, no entanto, sua proposta não visava atingir nenhuma pessoa em específico.

Porém, um dos leitores do blog comentou a publicação afirmando que este seria o "adesivo perfeito para o Sarney". No dia seguinte, o político já havia entrado com uma ação judicial contrária à blogueira exigindo indenização e a retirada do blog do ar. Alcinéia Cavalcante, por sua vez, não baixou a cabeça e publicou uma foto de um muro de sua cidade com a frase "Xô, Sarney!" pintada. Essa atitude lhe custou seu antigo blog, que foi removido por decisão da Justiça Eleitoral do Amapá.

Leia também: Brasil é líder em pedidos governamentais para a remoção de conteúdos no Google