Fábrica da Foxconn está sendo investigada por suborno na China

Por Redação | 10 de Janeiro de 2013 às 13h40

A Hon Hai Indústria de Precisão, subsidiária da Foxconn em Taiwan, está envolvida em um caso de suborno, confirmou a fábrica ao The Wall Street Journal.

Ela disse estar colaborando com a polícia chinesa na investigação envolvendo fornecedores e funcionários no caso — chegou até a denunciar um dos trabalhadores para a polícia. A Hon Hai declarou ainda que está revisando suas regras internas para fortalecer a política da empresa.

"Estamos agindo com oficiais da lei que nós trouxemos para trabalhar com a nossa equipe de auditoria interna, como parte de uma investigação sobre alegações contra um número de empregados da Foxconn relacionados a pagamentos ilegais de parceiros da cadeia de fornecimento", afirmou a empresa na quarta-feira (09).

Não é a primeira vez que a Foxconn se envolve com escândalos em suas fábricas. Em outubro de 2012, ela admitiu ter contratado funcionários menores de idade para trabalhar na China, além de acumular relatos de longas jornadas de trabalho e suicídios entre os operários.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.