Europa investiga Apple por uso de táticas comerciais ilegais na venda do iPhone

Por Redação | 27.05.2013 às 13:37
photo_camera Geek Shut

Depois de ser acusada de sonegação fiscal por uma comissão de investigação do Senado norte-americano, agora, a Apple está sendo investigada pela Comissão Europeia por práticas de comércio anti-competitivas na venda do iPhone no continente, bem como a aplicação de restrições técnicas para diminuir a participação de seus concorrentes no mercado europeu. As informações são da agência de notícias Reuters.

Com base em um questionário enviado às operadoras de telefonia móvel locais na última semana, a Comissão estaria concentrando sua investigação nos termos de distribuição que podem favorecer a Apple, garantindo à companhia melhores vendas em comparação às empresas concorrentes. A Maçã, por sua vez, informou que todos os seus contratos de comercialização estão de acordo com as leis da União Europeia.

O inquérito é resultado de uma série de denúncias enviadas pelas operadoras do continente à Comissão e ainda está em estágios iniciais. E antes de iniciar uma investigação formal, o órgão regulador precisa ter certeza que a Apple se mostrou dominante no mercado europeu em comparação a outras fabricantes de aparelhos móveis, algo que pode ser difícil de constatar devido à popularidade dos aparelhos da linha Galaxy, da Samsung.