Ericsson processa Samsung por violação de patentes nos Estados Unidos

Por Redação | 27 de Novembro de 2012 às 12h11

Como se as brigas da Apple por quebra de patentes não fossem suficientes, a Ericsson abriu um processo nesta terça-feira (27) contra a Samsung por uso inadequado de algumas de suas propriedades intelectuais nos Estados Unidos.

A empresa sueca afirmou que tomou a decisão de iniciar um litígio contra a Samsung depois de mais de dois anos de conversas e tentativas de acordos mal sucedidos. O processo foi apresentado à Corte do Texas, estado onde fica localizada a sede norte-americana da Ericsson.

Kasim Alfahali, diretor do escritório de propriedades intelectuais da Ericsson, afirmou que a empresa sul-coreana se negou a renovar a licença de uso de 'centenas' de tecnologias licenciadas pela Ericsson, incluindo tecnologias de rede sem fio, conexão Wi-Fi e da quarta geração (4G), intitulada Long-Term Evolution. "Temos mais de 100 licenças estipuladas com empresas do setor de telecomunicações. Todas as grandes empresas de produtos eletrônicos, exceto a Samsung, assinaram acordos de licenciamento conosco", ressaltou Alfahali ao The Wall Street Journal.

Samsung Mobile

A Samsung afirmou que irá tomar todas as medidas legais cabíveis para se proteger das acusações da Ericsson

A Ericsson, atualmente, detém o registro de mais de 30 mil patentes tecnológicas, o que gera os mais de 100 acordos de licença citados por Kasim Alfahali. No entanto, a companhia não revelou muitos detalhes sobre as patentes que a Samsung infringiu e afirmou apenas que elas foram responsáveis por tornar a telefonia móvel algo extremamente popular.

Já a Samsung se pronunciou sobre o caso afirmando que busca fechar acordos razoáveis e justos com a Ericsson, mas que a empresa "exigiu o pagamento de taxas sobre royalties abusivas para renovar sua carteira de patentes". E a companhia afirmou que irá tomar todas as medidas legais cabíveis para se proteger das reclamações da Ericsson.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.