Brasil e Peru apresentam solicitação oficial à ICANN sobre o domínio '.amazon'

Por Redação | 29 de Abril de 2013 às 17h20

Os governos centrais do Brasil e do Peru, incluindo outros países da América Latina, estão disputando com a rede norte-americana de varejo online, a Amazon, o registro do domínio de internet '.amazon'. E segundo o The Guardian, os governos enviaram uma solicitação oficial ao ICANN (Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números) pedindo a remoção do domínio da lista de pedidos de registros da Amazon.

Os países latino-americanos acreditam que este domínio não pode ser destinado a uma empresa privada, já que faz referência ao rio Amazonas e à floresta Amazônica e poderia ser usado para fins de preservação do ecossistema através de políticas ambientais e sustentáveis. A solicitação encaminhada ao ICANN, órgão responsável pela distribuição de endereços e IPs na internet, alega que o domínio '.amazon' pode se referir a problemas da região.

"Garantir direitos exclusivos para uma empresa privada pode impedir o uso deste domínio para fins de interesse público relacionados a proteção, promoção e sensibilização de questões relacionadas ao bioma da Amazônia. O mesmo poderia também impedir o uso deste endereço para páginas na web relacionadas à população que habita a região", afirma o pedido.

Saiba mais: Afinal, quem deve ficar com o domínio .amazon: a Amazônia ou a multinacional?

Além do domínio '.amazon', o ICANN possui a solicitação da Amazon para muitos outros domínios incluindo '.book', '.author', '.read'. Muitos governos criticam a prática das empresas privadas de tentarem o registro de diversos domínios, afirmando que a medida pode comprometer o princípio da livre concorrência. Países como Bolívia, Colômbia e Venezuela assinaram recentemente o 'Tratado de Cooperação Amazõnica' e também enviaram solicitações oficiais ao ICANN sobre o domínio '.amazon'. Esse e outros pedidos envolvendo nomes de países, regiões e cidades devem ser resolvidos durante uma conferência do ICANN na América do Sul, que será realizada em julho deste ano.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.