Novo capítulo da novela Apple vs Samsung: Maçã quer aumentar multa pelos danos

Por Redação | 19 de Dezembro de 2012 às 19h42

A Apple está aguardando uma decisão do juiz sobre seu pedido de danos adicionais por violação de patentes. Sim, ainda é o velho caso contra a Samsung. Segundo o site BusinessInsider, a espera acontece após a lei ficar do lado da empresa coreana e não permitir que as vendas de dispositivos da linha Galaxy fossem bloqueadas nos Estados Unidos, como a Apple havia solicitado.

No último dia 17, a empresa de Tim Cook não conseguiu convencer a juíza Lucy H. Koh que a demanda de consumidores por produtos da Samsung foram impulsionadas pela tecnologia "roubada". Por outro lado, o júri considerou que a Samsung infringiu seis patentes da Apple, porém não era de interesse público bloquear as vendas dos produtos, já que os elementos que violaram patentes constituem apenas uma parte limitada dos telefones da coreana.

Em 24 de agosto de 2012, o júri condenou a Samsung a pagar US$ 1,05 bilhão para a Apple, porém a empresa da maçã queria mais. A Apple pediu à juíza Koh para aumentar o valor dos danos em US$ 536 milhões, enquanto a Samsung diz que ele deve ser reduzido em US$ 600 milhões. A juíza ainda não tomou uma decisão a respeito do assunto.

As disputas de patentes começaram quando a Samsung lançou seus smartphones Galaxy em 2010. Jobs, da Apple, que morreu 05 de outubro de 2011, iniciou o contato com a Samsung sobre suas preocupações de que os telefones Galaxy copiavam o iPhone, de acordo com um dos testemunhos do julgamento, realizado em agosto.

Mas a briga vai muito além de "quem roubou a tecnologia de quem", afinal a Samsung e Apple são as duas maiores fabricantes de smartphones do mundo. Elas estão brigando por muito mais do que apenas US$ 600 milhões, elas estão competindo pelo domínio de um mercado global de dispositivos móveis que movimentou US$ 346 bilhões em 2012.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.