Publicitário é roubado na Avenida Paulista enquanto jogava Pokémon Go

Por Redação | 04.08.2016 às 12:25

O lançamento de Pokémon Go, na noite desta quarta-feira (3), parece estar fazendo a alegria não apenas dos fãs, mas também de bandidos, que aproveitam a distração e a comoção causada para praticarem roubos. Depois de um caso registrado no Espírito Santo, foi a vez de a Avenida Paulista ser palco de um furto relacionado ao título.

A vítima foi o publicitário Hilário Júnior, de 32 anos, que disse ter sido furtado por um ladrão de bicicleta enquanto jogava em um dos cartões-postais da capital paulista. O aparelho tinha seguro, felizmente, mas havia sido comprado apenas duas horas antes, provavelmente especialmente para que ele pudesse jogar Pokémon Go.

O caso, registrado por meio de boletim de ocorrência eletrônico pelo site da Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP), aconteceu em torno das 22h desta quarta. Júnior disse estar na Paulista acompanhado de um amigo após ter andado dois quilômetros a partir de sua casa, no bairro da Vila Mariana. Ele diz ter capturado 18 Pokémons pelo caminho, e ao chegar na avenida, se preparava para pegar mais um quando o ladrão passou de bicicleta e tomou o celular de sua mão.

Roubo Pokémon Go

Um post no Facebook, feito em formato de marco na rede social, marcou o que, segundo a vítima, foi seu primeiro assalto na cidade de São Paulo. Ele pede atenção das autoridades para o policiamento nas ruas e à chamada “gangue da bicicleta”, um grupo de marginais que utilizariam o veículo para, justamente, furtar smartphones, bolsas e outros objetos pessoais de usuários incautos nas principais ruas da cidade.

Júnior, entretanto, diz já estar prestes a pegar um novo aparelho por meio do seguro e pretende continuar a jogar Pokémon Go, agora, com mais cuidado, é claro. Ele recomenda que os usuários andem em grandes grupos de pessoas, para que tenham mais proteção, e prestem atenção aos arredores para evitarem furtos desse tipo.

Fonte: G1