Pokémon GO terá realidade aumentada melhorada no iOS

Por Redação | 21 de Dezembro de 2017 às 09h34

Muitos jogadores de Pokémon GO mantêm o recurso de realidade aumentada do jogo desligado, seja para poupar bateria ou facilitar a captura. Mas não mais, pelo menos no que depender da Niantic, que anunciou uma atualização da versão do game para iOS fazendo uso do sistema ARKit, da Apple, para melhorar a utilização do recurso e adicionar novidades à jogabilidade.

Os novos recursos chegam até o fim desta semana e trazem como principal mudança uma espécie de bônus de aproximação durante a captura de Pokémon. Com o uso do sistema da Apple, a Niantic poderá gerar personagens com tamanhos adequados ao ambiente e posicioná-lo melhor de acordo com os objetos, o que também vai permitir que o treinador chegue perto deles.

Faça isso rápido demais, entretanto, e o bicho vai se assustar e fugir. Ao ser sorrateiro, o usuário ganha pontos extras de experiência e Stardust, usados para melhorar as habilidades das criaturas. O uso da câmera também permite que outros efeitos sejam aplicados ao ambiente, como grama alta dentro da qual um monstrinho pode se esconder, por exemplo. Tudo é interativo e, nesse caso, o jogador precisa tocar algumas vezes no mato para que o personagem saia de lá.

Uma vez revelados, os Pokémon também serão capazes de interagir melhor com o ambiente. Personagens voadores, por exemplo, permanecerão planando, mas também poderão pausar, enquanto aqueles mais afoitos tentarão evitar a captura subindo no cenário e correndo até os limites da tela. Pegá-los, então, fica mais realista e difícil, o que justifica a entrega de bônus.

Ao anunciar a novidade, o CEO da Niantic, John Hanke, admitiu que o recurso de realidade aumentada original era limitado. Por isso mesmo, muita gente o mantinha desligado após a febre inicial do game, em que imagens dos Pokémon pelo mundo inundaram as redes sociais. Depois, na medida em que apenas os jogadores inveterados permaneciam, eles optavam pelo método mais fácil de captura. Agora, a expectativa da empresa é dar a todos um motivo para ativar o recurso novamente.

Junto com o bônus de captura, virão também outras novidades. Recentemente, por exemplo, a Niantic realizou um concurso de fotografias entre os jogadores de Pokémon GO, e, agora, com a versão AR+, a ideia é continuar fazendo isso, uma vez que as imagens produzidas se tornarão bem mais interessantes e bonitas.

A Niantic também promete um uso de bateria menor do que na versão anterior. Como um sistema da própria Apple está sendo utilizado agora, ao contrário de uma adaptação citada como “pouco adequada” da engine do próprio game, a empresa espera uma diferença ínfima no consumo por conta do uso do AR+, ao contrário do ganho em qualidade, que será bastante significativo.

O recurso foi desenvolvido tendo o iPhone X como foco - uma parceria com a Apple, inclusive, permitiu acelerar o desenvolvimento e o recebimento de unidades do smartphone bem antes do lançamento, para testes. Entretanto, a ideia é que tudo funcione em todas as versões compatíveis do celular. No futuro, o trabalho também deve chegar ao Android, na medida em que mais e mais soluções de realidade aumentada também deem as caras no sistema operacional.

No final de tudo, o objetivo é garantir que a realidade aumentada não seja um mero cosmético, mas sim algo que efetivamente faça a diferença. E isso vale não apenas para Pokémon GO, mas também para todo tipo de aplicação que tenha a ambição de ser mais do que uma diversão rápida. Para a Niantic, colocar monstrinhos realistas na casa das pessoas é um grande passo para atingir isso.

Entretanto, ainda não há uma previsão para chegada dos recursos ao Android, nem uma noção se será possível fazer o mesmo nesta plataforma em relação ao que está sendo realizado no iOS. Para os donos de iPhone, por outro lado, as novidades estão sendo liberadas aos poucos, por região, e a ideia é que todos já a tenham em mãos até o final de semana.

Fonte: The Verge

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.