Jogo para Android brinca com a história vergonhosa do nadador Ryan Lochte

Por Redação | 23 de Agosto de 2016 às 20h52

Um dos episódios mais polêmicos da Rio 2016 foi o de Ryan Lochte, nadador norte-americano responsável por uma grande confusão durante sua estadia no Brasil. Para quem não se lembra, o atleta forjou um assalto, que foi desmentido posteriormente pela polícia. Em meio ao caso, as autoridades descobriram que, na verdade, Lochte e outros três nadadores praticaram vandalismo em um posto de gasolina na Barra da Tijuca.

Obviamente a história não passaria desapercebida, e Lochte se tornou uma das figuras mais zoadas pelos usuários da web. A repercussão de toda a situação foi tão negativa que o nadador olímpico acabou perdendo seus contratos com patrocinadores, o que deve prejudicar a sua carreira.

Diante de todo o vexame, a desenvolvedora brasileira Icon Games criou um jogo para dispositivos Android que brinca com a vergonhosa história do atleta olímpico. Batizado como Run Ryan Run, o game permite que o jogador controle o atleta durante uma saga que envolve a fuga de policiais, frentistas e placas de publicidade até o objetivo final: o voo de volta aos Estados Unidos. Vale lembrar que no cenário o jogador pode encontrar canecas de cerveja, que tornam o personagem invencível.

Ao estilo arcade 8-bit dos anos 1980, Run Ryan Run mantém o clima de outros jogos de sátira criados pela Icon Games, como o de Lula e dos ministros brasileiros. Infelizmente ainda não há informações sobre a disponibilização do jogo para outros sistemas operacionais.

Fonte: Google Play

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.