Digimon Links deixa você duelar com seus Digimon favoritos no Android e iOS

Por Sérgio Oliveira | 26 de Outubro de 2017 às 11h49

A Bandai Namco anunciou nesta semana a chegada de Digimon Links ao ocidente. Como o nome denuncia, o game é baseado no universo Digimon, permitindo o usuário capturar, criar, treinar e duelar com seus monstros digitais preferidos.

Além da ótima modelagem 3D, que reproduz os icônicos personagens que todos se acostumaram a assistir na televisão, o game se destaca pela jogabilidade dividida em três elementos principais. O primeiro deles é a fazenda, que serve como uma espécie de QG para o jogador treinar e desenvolver seus Digimon. Mas não é só treinar: também é preciso montar toda uma infraestrutura adequada para a evolução dos monstrinhos digitais.

É nas fazendas onde você treina e evolui as habilidades dos seus Digimon favoritos
É nas fazendas onde você treina e evolui as habilidades dos seus Digimon favoritos (Divulgação: Bandai Namco)

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Os outros dois elementos de jogabilidade estão relacionados às batalhas. No primeiro deles, os confrontos são realizados no clássico esquema 3-contra-3, em que três dos seus monstros enfrentam outros três treinados por outros jogadores. Fora ele, também há as batalhas cooperativas, em que os treinadores se unem em grupos de até três membros para duelar online com outros grupos.

As batalhas acontecem no esquema 3-contra-3 online, com jogadores de todo o mundo. Jogador também pode optar por formar grupos com até três membros
As batalhas acontecem no esquema 3-contra-3 online, com jogadores de todo o mundo. Jogador também pode optar por formar grupos com até três membros (Divulgação: Bandai Namco)

Digimon Links repercutiu bastante no oriente e, com sua chegada ao ocidente, já ocupa o primeiro lugar na categoria de Jogos/RPGs mais baixados da Google Play Store em 13 países. O game é gratuito e pode ser baixado tanto para dispositivos iOS quanto Android.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.