Maioria abandona jogos de dispositivos móveis após o primeiro dia

Por Redação | 11 de Abril de 2014 às 14h55
photo_camera Andrey_Popov

Foto:Andrey_Popov/Shutterstock

Os usuários de dispositivos móveis como tablets e smartphones costumam largar um game logo após seu primeiro dia de uso. É o que diz a pesquisa da empresa especializada em apps, Swrve, em análise divulgada pelo Re/code.

O levantamento levou em conta o comportamento de 10 milhões de jogadores durante 90 dias, desde novembro do ano passado. A pesquisa esteve presente em 30 títulos disponíveis no acervo da Swrve.

Segundo o estudo, a grande maioria, 66%, parou de jogar depois de 24 horas. Outros 19% sequer abriram o game mais de uma vez. Na média, os jogadores gastaram apenas US$ 0,45 nos três meses. Somente 2,2% dos usuários gastaram algum dinheiro e 46% da renda dos dez apps mais comercializados vêm dessa pequena quantia. Pra piorar, mais da metade dos pagantes deixaram o software uma semana depois.

O alerta sobre o modelo de negócio atual vem do CEO da Swrve, Hugh Reynolds. "É uma mensagem de precaução com relação à aquisição do usuário." Segundo o executivo, é preciso rever como as grandes companhias seduzem o jogador para fazê-lo baixar o app a todo custo mas têm dificuldade em mantê-lo interessado ao longo da experiência.

"É como um primeiro encontro", comparou. "Se for pra dar certo, tem que dar certo rápido". A resposta, segundo Reynolds, é avaliar melhor os diferentes comportamentos dos gamers, já que o tempo de assimilação da jogabilidade de cada um pode ser diferente, por exemplo.

Em resposta, o especialista em jogos gratuitos e diretor da DeNA European Game Studios, Ben Cousins, acusou a Swrve de "tentar pintar um cenário depressivo para vender serviços". Para o desenvolvedor, "esses números são totalmente normais e podem levar ao sucesso".

Fonte: http://recode.net/2014/04/09/most-mobile-game-players-quit-after-one-day-exclusive/

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.