Criadora do Angry Birds, Rovio tem queda brusca nos lucros

Por Redação | 29.04.2014 às 16:30

A empresa finlandesa Rovio, famosa por criar o jogo Angry Birds, apresentou seus resultados financeiros referentes ao ano de 2013. E os números não foram lá muito animadores.

A receita aumentou um pouco, passando de US$ 211 milhões para US$ 216 milhões. Mas o lucro antes dos impostos caiu de 107 para 51 milhões, e o lucro final passou de 77 para 37,3 milhões de dólares.

Em um comunicado à imprensa, a companhia afirmou que 2013 foi um ano de fortificação dos alicerces, pois a empresa está mudando a maneira de monetizar os seus jogos e olhando para novas áreas. Dentre elas está um filme estrelando os famosos passarinhos, e montar o estúdio para produzi-lo demanda investimentos pesados.

Quando a primeira versão do Angry Birds foi lançada, aplicativos pagos ainda eram bem populares na App Store, mas com o tempo o modelo de monetização de aplicativos tem mudado, oferecendo aplicativos gratuitos com compras dentro do jogo – como recursos, itens especiais, etc. No ano passado a empresa abraçou o modelo, quando lançou o Angry Birds Go!, jogo no estilo Mario Kart que oferece add-ons de até 50 dólares.

O potencial dos jogos desse tipo é enorme, e uma outra empresa finlandesa, também criadora de games, chamada Supersell, faturou quase 1 bilhão de dólares no ano passado, enquanto o lucro ficou em US$ 464 milhões. Já a Rovio faturou apenas 541 milhões de dólares desde 2010.

O Angry Birds original atualmente está na posição 59 na App Store, e o Angry Birds Star Wars está logo abaixo, na posição 64. Mais quatro jogos da companhia estão entre os 100 mais populares pagos para iPad, e o Angry Birds Go! é o número 100 nesse mesmo ranking. Um outro jogo criado por uma subsidiária independente da Rovio, Juice Cubes, está na posição 93 para iPad.