Criador de Candy Crush deixa a King para fundar a própria empresa

Por Redação | 20 de Janeiro de 2015 às 15h32

Candy Crush Saga foi responsável por levar a King de ser uma desenvolvedora pequena para o topo do mundo mobile. Com quase 500 milhões de jogadores mensais e mais de US$ 250 milhões faturados por meio das microtransações, o game para celulares e tablets é um sucesso absoluto e indiscutível. Mas a empresa segue em frente sem uma das principais cabeças por trás da produção do título, já que Tommy Palm está deixando a companhia.

Em uma “separação” amigável, o criador está saindo para iniciar a Resolution Games, uma startup que, apesar do nome, é focada em todo tipo de entretenimento focado em realidade virtual. Isso significa que não apenas jogos saírão do estúdio, mas também outras coisas que ainda não sabemos ao certo quais são.

Em entrevista ao site Games Beat, Palm afirmou que sair da King foi uma decisão extremamente difícil, mas seu coração permanece no mundo das startups. Foi justamente de uma destas que ele veio, quando a desenvolvedora comprou sua antiga empresa, a Fabrication Games, em 2012. A negociação foi feita para que a produtora pudesse realizar de forma satisfatória o salto para o mundo do entretenimento mobile, um feito que ela alcançou com louvor.

Apesar de ser uma das peças mais importantes da King, Palm não esteve envolvido em alguns de seus sucessos mais recentes, como Bubble Witch 2 Saga, Farm Heroes Saga e Candy Crush Soda Saga. Hoje, são mais de mil funcionários trabalhando para a companhia e diversos projetos em andamento, além de um grande esforço de marketing para garantir que os jogadores sempre conheçam as novas propostas e atualizações.

Foi toda essa imensidão que acabou afastando o criador. Ele diz que sempre soube que os jogos mobile teriam o apelo abrangente que vemos hoje, mas para ele é melhor trabalhar em startups e com grupos menores. Ele diz que a criatividade é privilegiada e a comunicação entre todos os envolvidos fica muito mais fácil.

Os projetos da Resolution Games permanecem incógnitos, já que a empresa nem mesmo tem um site oficial. Algumas contratações devem ocorrer no futuro próximo, e Palm passa agora a atuar ao lado de outros veteranos da indústria, como Martin Vilcans (Goo Technologies, Dramatify) e Carl-Arvid Ewerbring (Spurf). Eles assumem, respectivamente, os papeis de CTO e lead developer na nova companhia.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.