iOS 9 deve tornar aparelhos mais seguros e inteligentes

Por Redação | 25 de Maio de 2015 às 08h41

A rodinha dos rumores sobre novos iPhones e iPads começou a rodar antes mesmo dos modelos 6 e 6 Plus chegarem às lojas, no final do ano passado. Mas antes que as supostas versões aprimoradas dos smartphones cheguem ao mercado, porém, temos ainda a próxima versão do iOS, que, espera-se, será anunciada em junho durante a WWDC 2015, evento da Apple para os desenvolvedores. E, claro, com a proximidade do acontecimento, começaram a surgir os primeiros rumores sobre a nova versão da plataforma.

Ao que tudo indica, a palavra de ordem agora é segurança. Entre os boatos que surgiram durante o final de semana, nada de novas funções, mas sim preocupação não apenas com os usuários e as informações dele e a proteção da plataforma, dificultando o processo de jailbreak.

A implementação de um sistema chamado “Rootless” impediria o acesso aos arquivos protegidos e de sistema do iOS, bloqueando alterações feitas por terceiros. Assim, não apenas ficaria mais difícil desbloquear o celular para instalação de aplicativos de terceiros ou conteúdo não regular da Apple, mas também a invasão da plataforma por hackers e softwares maliciosos, que tentam acessar os dados confidenciais dos usuários.

Quem tem aparelhos mais antigos também parece ter motivo para comemorar, já que uma das preocupações atuais da Apple seria garantir que mesmo dispositivos do passado funcionem bem com o iOS 9. O corte de dispositivos também seria menor desta fez, com até mesmo o iPhone 4S e a primeira geração do iPad Mini sendo capazes de receber o update.

Outra novidade relacionada à segurança daria ao iOS 9 a possibilidade de diferenciar a forma de se trabalhar com conexões Wi-Fi seguras ou não. Por exemplo, quando uma rede é configurada como segura, o iPhone ou iPad trabalha com um nível de criptografia mais baixo, que melhora o desempenho do aparelho e amplia o seu potencial de conectividade.

Por outro lado, quando ligados a um Wi-Fi público ou que, por algum motivo, seja pouco confiável, os dispositivos podem tomar passos adicionais em termos de segurança. Uma conexão com maior criptografia, por exemplo, impediria a interceptação de dados por terceiros, enquanto algumas de suas funções podem não funcionar para proteção dos próprios utilizadores. O mesmo valeria para o Mac, que, seguindo os princípios de compatibilidade da fabricante, também receberia algumas funcionalidades semelhantes às do iOS.

iPhone 6 Plus

Falando neles, a sincronização de arquivos entre os computadores, celulares e tablets da Apple também deve ser incrementada, assim como a conexão dos equipamentos com o iCloud. O segredo aqui, na verdade, não está necessariamente no iOS 9, e sim na mudança do sistema usado pela Apple para isso, abandonando o atual IMAP para adotar uma arquitetura inteiramente baseada em sua própria nuvem. Essa novidade, porém, deve funcionar apenas com os aplicativos da própria Maçã, com as soluções de terceiros dependendo de suas próprias arquiteturas.

E isso é só o começo...

Os novos rumores vêm para se somar a uma série de outras expectativas relacionadas à nova versão do iOS, como a implementação do HomeKit – para conexão a dispositivos da Internet das Coisas – e melhorias no Apple Maps, de forma a ampliar sua confiabilidade e, com isso, a base de usuários perante concorrentes melhor posicionados como o Waze e o Google Maps.

Outra adição esperada, mas ainda não confirmada, seria um incremento ao sistema de multitasking dos iPads de tela maior, permitindo que mais de um aplicativo seja executado e exibido simultaneamente na tela. Uma boa, por exemplo, para quem trabalha com escrita ou pesquisa, podendo abrir fontes originais em um dos lados e seu próprio texto do outro, para consulta simultânea.

Sejam os rumores verdadeiros ou não, eles devem ser confirmados no dia 8 de junho, quando a Apple abre a edição 2015 da WWDC. O evento acontece em São Francisco, nos Estados Unidos, e durante quatro dias apresentará palestras, sessões técnicas e diversas outras novidades da empresa com foco nos desenvolvedores, mas com atrações também para o público em geral.

Fontes: 9to5 Mac, Business Insider

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.