iOS 15: o que esperar da próxima versão do sistema da Apple?

Por Diego Sousa | 19 de Fevereiro de 2021 às 17h05
Reprodução/Tech Blood

O iOS 15 deve ser disponibilizado oficialmente para os usuários somente últimos meses de 2021 junto ao lançamento dos novos iPhone 13 (nome não oficial). Ao que tudo indica, a revisão não deve trazer mudanças muito drásticas na interface em relação ao iOS 14, mas aprimoramentos e novos recursos são esperados.

Infelizmente, ainda não saíram muitas informações sobre a nova versão do sistema operacional da Apple, mas o Canaltech reúne nesta matéria tudo o que os fãs da marca podem esperar da atualização, além dos celulares compatíveis.

iOS 15: data de lançamento

Tradicionalmente, a Apple disponibiliza a versão estável do sistema operacional somente no segundo semestre de cada ano, seguindo o lançamento dos novos iPhones. Este ano, rumores indicam que o iPhone 13 (nome não oficial) será oficializado entre setembro e outubro.

No entanto, já será possível ficar por dentro de todas as novidades do iOS 15 em meados deste ano, logo após conferência WWDC 21 — quando a Maçã lançará a versão beta para os desenvolvedores.

(Imagem: Reprodução/MacWorld)

iOS 15: iPhones compatíveis

A Apple é bastante conhecida por disponibilizar novas versões do iOS para iPhones mais antigos. Segundo informações do site The Verifier, que tem bom histórico de acertos ao adiantar o suporte às atualizações da Maçã, os modelos iPhone 6s, iPhone 6S Plus e iPhone SE, os três lançados entre 2015 e 2016, ficarão sem o iOS 15.

Isso significa que os iPhones lançados a partir do iPhone 7 e 7 Plus receberão a nova versão do sistema. Em resumo, a lista de celulares da Apple que serão atualizados para o iOS 15 é a seguinte, com um mínimo de 18 modelos, podendo chegar a 21 se a empresa lançar mais quatro no ano que vem:

iOS 15: novidades e funções

O iOS 15 será apresentado pela primeira vez em alguns meses, por isso ainda não foram reveladas muitas informações sobre o sistema com exceção dos possíveis iPhones compatíveis. No entanto, algumas novidades e funções são esperadas para serem apresentadas durante a WWDC 21; confira-as abaixo:

Mais opções de aplicativos padrões do sistema: o iOS 14 representou uma mudança muito importante em como o iPhone funciona com outros aplicativos, trazendo, mesmo que limitada, a possibilidade de substituir aplicativos padrão do sistema por opções de terceiros — como trocar o navegador Safari pelo Chrome ou o Apple Mail pelo Gmail.

Espera-se que haja uma expansão nos aplicativos disponíveis para alteração, como os aplicativos de mensagem ou de calendário — quem sabe adicionar o Google Agenda ou o próprio Signal como apps principais do iPhone?

Widgets na tela de bloqueio: outra novidade que deve ser aprimorada com o iOS 15 são os Widgets. No momento, os widgets estão disponíveis somente na tela inicial, mas nova revisão deve trazer a possibilidade de incluí-los na tela de bloqueio. Embora não seja um recurso novo, deve ser interessante poder navegar entre os widgets sem desbloquear o iPhone.

(Imagem: Reprodução/Apple)

Modo Always On Display: já disponível nos aparelhos Android há algum tempo, o modo Always-On Display, capaz de exibir informações aos usuários mesmo com a tela "desligada", deve fazer parte das novidades do iOS 15. O recurso, no entanto, pode ficar restrito apenas aos modelos iPhone 13, que devem utilizar displays LTPO.

Modo Apresentação no FaceTime: o FaceTime é o app de videoconferências nativo da Apple, mas infelizmente ele não traz uma das funções mais populares do segmento, como a de compartilhar a tela com outras pessoas. Essa adição pode ser uma novidade interessante para quem ainda vai ficar trabalhando de home office e não quer baixar outro app de chamadas.

(Imagem: Reprodução/MacWorld)

Acompanhe o Canaltech para saber de todas as novidades sobre o iOS 15.

Fonte: MacWorld; TechRadar; MacRumors  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.