iOS 11 vai impedir que apps acessem seus dados de localização a todo momento

Por Redação | 07.06.2017 às 08:33

De todas as novidades prometidas pela Apple para o iOS 11, há uma em específico que passou batida, mas que certamente vai deixar muita gente feliz. A partir da nova atualização do sistema, aplicativos como Waze e Uber vão deixar de acessar a localização do usuário a todo momento, ativando a geolocalização apenas quando você abrir o app para pedir um carro ou encontrar uma rota.

Trata-se de uma mudança pequena, mas que faz muita diferença na vida de todo mundo. Os aplicativos são muito populares, mas também são conhecidos por serem dois devoradores de bateria, já que o uso contínuo do GPS castiga o smartphone de um jeito bem agressivo em termos de autonomia — além de ser algo um tanto quanto invasivo, já que eles estão constantemente coletando dados sobre o usuário. Em muitos casos, era comum que a pessoa bloqueasse o uso da geolocalização para, quando precisasse usar esses serviços, o liberasse. Ainda assim, era muito transtorno apenas para evitar uma programação burra. Agora, isso é coisa do passado.

Como muitos participantes da fase de testes do novo sistema notaram, o iOS 11 vai disponibilizar a opção “Enquanto usar o App” para todos os aplicativos que quiseram acessar a geolocalização do iPhone. Assim, os desenvolvedores não poderão mais forçar a pessoa a compartilhar essa informação, dando a opção de só enviar dados sobre sua posição quando você realmente quiser usar o app.

A partir de setembro, quando o novo iOS chega, os usuários terão três opções de configuração, podendo bloquear o acesso de terminado aplicativo aos seus dados de localização, mantê-los sempre ligados ou apenas quando for necessário. É uma solução simples e que deveria estar presente desde sempre, mas que não vamos reclamar de ver aparecer agora.

Via: Tech Crunch