iOS 11 reduz autonomia da bateria em até 60%

Por Redação | 03 de Outubro de 2017 às 13h29
photo_camera Danny Winget

O iOS 11 trouxe vários novos recursos para iPhones e iPads compatíveis, como uma nova Central de Controle e uma App Store totalmente remodelada. Mas um sério problema está fazendo com que muitos usuários se sintam insatisfeitos com o novo sistema operacional móvel da Apple. As novas funcionalidades e as mudanças trazidas pelo sistema fazem com que a bateria dos dispositivos termine muito mais rapidamente do que quando contavam com o iOS 10.

Os dados levantados pela Wandera, empresa especializada em segurança mobile, revelam que o iOS 11 realmente tem drenado a bateria dos dispositivos, forçando os usuários a recarregar seus aparelhos várias vezes durante o dia. A pesquisa realizada pela Wandera analisou 50 mil iPhones e iPads equipados com iOS 10 e iOS 11, detectando que as novas funcionalidades inseridas no sistema fizeram com que a autonomia da bateria caísse na ordem dos 60%.

Enquanto que nos dispositivos com iOS 10 a bateria durava em média 240 minutos para sair de 100% e ir a 0%, no iOS 11 os aparelhos levavam 96 minutos. A queda no rendimento de energia dos iPhones e iPads com o novo sistema móvel da Apple caiu consideravelmente, o que tem rendido uma avalanche de reclamações de usuários insatisfeitos nas redes sociais e em fóruns da Apple e especializados em tecnologia.

O aumento no consumo de energia pode ser atribuído ao novo recurso de pesquisa do Spotlight ou a recalibração do mecanismo de carregamento da bateria, que ocorre após algumas recargas do dispositivo. Existe também o fato de que pela primeira vez a Apple apresentou um terceiro estado disponível de Wi-Fi e Bluetooth. Agora esses recursos podem permanecer funcionando, mas sem qualquer conexão, o que auxilia a reduzir a autonomia da bateria.

A Apple já lançou uma correção para o iOS 11, que resolveu problemas relacionados ao Outlook e outros bugs do sistema. No entanto, nenhuma melhoria foi observada para fazer aumentar o tempo entre as recargas dos aparelhos.

Para aumentar a duração da bateria, a Wandera sugere que os usuários desliguem a atualização de aplicativos em segundo plano e desativem os serviços de localização do dispositivo.

Fonte: Wandera

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.