iOS 8 funciona “como mágica”, diz testador

Por Redação | 04.09.2014 às 18:02

No dia 9 de setembro, espera-se que a Apple não anuncie apenas o iPhone 6 e, possivelmente, iWatch, mas lance também a versão 8 do iOS, seu sistema operacional mobile. Mudanças de plataforma desse tipo sempre são complicadas e normalmente resultam em bugs ou problemas de funcionamento para alguns usuários, mas de acordo com um testador que teve acesso à novidade, esse não será o caso.

As palavras são de Matt Johnson, diretor de marketing da Applause, uma companhia especializada em testar aplicativos e soluções de software para empresas como Google, Microsoft e HBO. Para ele, falando ao Business Insider, a nova versão é uma das melhores já lançadas para os dispositivos da Apple e funciona “como mágica”.

Mais do que isso, ele afirma que os produtores de app que se anteciparem e começarem a trabalhar logo cedo com o iOS 8 terão vantagens estratégicas em relação a todos os outros. Ele se refere especificamente aos sistemas de integração do novo sistema operacional, que permitem a ligação e utilização de diversas ações dos celulares ou tablets também em aparelhos como Macbooks ou Apple TVs.

Johnson cita um comportamento comum de toda companhia que trabalha com aplicativos, que é segurar as atualizações e novidades sempre que existe a chegada de um novo sistema operacional. Assim, os desenvolvedores podem garantir compatibilidade total e evitarem que uma novidade recente acabe deixando de funcionar rapidamente assim que seus usuários fizerem a adesão à nova plataforma.

Por outro lado, ele pondera que a chegada de modelos de iPhone com telas maiores – mesmo a menor delas, de 4,7 polegadas, é maior que a atual, de 4 polegadas – pode exigir mudanças rápidas no aspecto dos aplicativos, para que eles não apareçam deformados nos novos displays. Por isso, todo o trabalho no momento pode e deve estar concentrado na compatibilidade, retornando às novas funções em um segundo momento.

Mesmo assim, Johnson lembra que a própria Apple já disponibilizou a seus desenvolvedores uma ferramenta para garantir o funcionamento perfeito dos apps. Além disso, a empresa está aplicando o que chama de “layout adaptativo", de forma a garantir que nada pareça esquisito nos novos displays, um fator que poderia acabar minando uma das grandes novidades da nova geração de celulares.

O testador afirmou também que uma das funções mais interessantes do iOS 8 é sua ligação ao mundo da Internet das Coisas. Por meio do HomeKit, já anunciado, a Apple pretende transformar seus celulares e tablets em verdadeiras centrais de automação caseira, permitindo que os dispositivos conversem facilmente com outros aparelhos conectados, como termostatos, geladeiras e o sistema de iluminação. É uma preparação para o futuro que ainda está por vir, e a Maçã quer estar pronta para isso.

É justamente por tudo isso que, ao contrário do que disse anteriormente quando o iOS 7 chegou ao mercado, a Applause incentiva os usuários a atualizarem para a versão 8 assim que ela estiver disponível. No passado, a mudança de plataformas causou diversos problemas e bugs, principalmente devido aos novos elementos visuais. O mesmo, porém, não deve acontecer agora.

A Apple tem um evento junto à imprensa marcado para o dia 9 de setembro. Na ocasião, a expectativa é de anúncios dos novos modelos de iPhone 6 e, quem sabe, do iWatch. O iOS 8 também deve ser um dos assuntos centrais, já que constitui boa parte da experiência com os novos modelos de smartphone.