Falha no iOS 13.3 permite que crianças driblem controle parental

Por Claudio Yuge | 12 de Dezembro de 2019 às 23h30
pixabay
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

O iOS 13 chegou com diversas falhas, principalmente envolvendo a nuvem do iCloud. Desde então, a companhia vem realizando vários ajustes, e nesta semana trouxe a versão 13.3, com um interessante recurso de controle parental… que não funciona direito.

Chamada de Communications Limits, a ferramenta permite aos pais gerenciar a lista de contatos dos filhos, para que somente os registrados por ali possam ligar ou enviar mensagens às crianças e adolescentes. Além disso, não é possível adicionar novos números sem o uso de um PIN introduzido por um adulto.

Tele onde fica o Communications Limits (Imagem: Reprodução/CNBC)

Assim, na teoria, se algum coleguinha da escola incomodar os pequenos via smartphone, basta retirá-lo da agenda para que suas mensagens parem de chegar ao aparelho. Só que, para isso, é preciso que os contatos estejam sincronizado com o iCloud por padrão — algo que não foi mencionado pela Apple no anúncio desta novidade.

Falhas graves

O pessoal da CNBC testou o Communications Limits em um iPhone rodando o iOS 13.3 e descobriu que, se um anônimo envia um texto para o smartphone de uma criança, ela ainda assim conta com a opção de adicionar aquele número. E, depois que esse perfil entra na agenda, é possível realizar todas as ações de contato, como chamadas, FaceTime ou envio de mensagens de texto — isso não deveria acontecer sem a entrada do PIN do adulto responsável.

Em alguns casos, os contatos são bloqueados sem motivo aparente e, às vezes, a caixa de entrada é completamente ilegível, com fotos misturadas na parte superior do texto de visualização. Ainda, o teclado algumas vezes desaparece na primeira tentativa de responder a uma mensagem, após adição de um novo número.

(Imagem: Reprodução/CNBC)

Pior: as crianças podem driblar essa proteção usando um Apple Watch emparelhado com o iPhone. Basta pedir à Siri que acione um dos contatos, estejam eles na lista do Communications Limts ou não.

Apple confirma falha

A Apple admitiu que esses bugs existem. “Esse problema ocorre apenas em dispositivos configurados com uma configuração não padrão, e uma solução alternativa está disponível. Estamos trabalhando em uma correção completa e a lançaremos em uma próxima atualização de software”, afirmou.

Contato bloqueado sem razão aparente (Imagem: Reprodução/CNBC)

Enquanto essa atualização não chega, os pais podem forçar a sincronização dos contatos com o iCloud por meio das configurações, na seção Conta Padrão, selecionando o iCloud por ali. Vale lembrar que o Screen Time, também usado como controle parental desde o lançamento do iOS 13, já mostrava brechas que podem ser usadas para driblar o gerenciamento de tempo de uso dos dispositivos.

Fonte: CNBC  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.