Apple quer ampliar regras de privacidade no iOS

Por Redação | 25 de Junho de 2015 às 10h55

Em prol da proteção da privacidade de seus usuários, a Apple está implementando mais regras de segurança em seus aparelhos com iOS, de forma a dificultar a coleta de dados para fins de publicidade. De acordo com uma política que deve ser implementada em breve, os aplicativos não poderão mais acessar históricos de downloads dos utilizadores de iPhones e iPads, nem ver a lista de softwares instalados nos aparelhos.

Essa seria mais uma das tantas mudanças a serem implementadas no iOS 9, que chega nos próximos meses, mas para os desenvolvedores de novas aplicações, passaria a valer desde já. As novas regras teriam sido apresentadas a eles durante o WWDC 2015, evento da Apple voltado para os produtores de software, de forma a permitir que eles as levem em conta no trabalho com novas soluções e também para que possam adequar as existentes.

O maior golpe, aqui, deve ser sentido por grandes nomes como Facebook e Twitter. Ambas as redes sociais têm a publicidade mobile como um dos principais focos de sua estratégia de monetização. Ao reconhecer os aplicativos instalados nos dispositivos de seus usuários, as empresas são capazes de exibir anúncios e conteúdo patrocinado em meio às postagens convencionais, indicando novos aplicativos com um foco direcionado.

E por mais que estes sejam nomes de peso, a Apple diz que suas políticas e a relação de confiança com os usuários valem mais. O próprio CEO da empresa, Tim Cook, já afirmou que o negócio da companhia é criar dispositivos de qualidade e não permitir que eles sirvam como fonte de dados para fins de publicidade ou monetização. A mudança, então, seria mais um passo nessa direção.

É claro que a alteração nas regras não muda a presença de publicidade. A diferença é que, agora, os usuários estarão mais protegidos contra quebras de privacidade e saberão que seu histórico de compras não está sendo acessado indiscriminadamente pelas empresas. As rendas podem e devem diminuir como um reflexo disso, mas, pelo menos para a Apple, parece um bom preço a se pagar em troca de mais segurança.

Fonte: Apple Insider

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.