Apple deverá abandonar apps 32-bit na iOS 11

Por Redação | 01 de Fevereiro de 2017 às 15h25

Para quem usa ou desenvolve apps desenvolvidos com arquitetura 32-bit, as próximas versões da iOS não terão mais colher de chá. Em breve, a Apple suspenderá o suporte para estes apps em seu sistema operacional.

Segundo informação do Apple Insider, a novidade foi descoberta no recente beta da próxima versão do iOS, a 10.3. Ao tentar rodar um de seus apps, ele se deparou com a mensagem: "Este app não funcionará com futuras versões da iOS".

A Apple já trabalha com processadores de arquitetura 64-bit desde o iPhone 5s, lançado em 2013, e vem desde então pressionando o seu ecossistema de desenvolvedores a mudar o padrão de seus softwares. Aliás, desde 2015 a empresa exige que todo novo app já venha desenvolvido em 64-bit.

A nova mensagem coloca mais pressão neste cenário, já que passa um recado bem diferente do aviso incluído na iOS 9, que ao abrir apps de 32-bit, exibe uma mensagem dizendo que eles podem não rodar de forma 100% eficiente.

Embora a iOS 10.3 mudará para um novo sistema de arquivos (APFS), é improvável que a Apple abandonará o apoio para 32-bit imediatamente. Entretanto, a chegada do iOS 11 no final do ano poderá marcar esta quebra. A nova geração do sistema operacional deverá ser mostrada em junho, na sua conferência anual de desenvolvedores, e lançada possivelmente em setembro, junto com seus novos telefones.

Quem pode sofrer com a migração total para o sistema 64-bit serão os donos de iPhones mais antigos, como o 5, 5C e a quarta geração do iPad. Esses produtos ficarão obsoletos devido à falta de suporte e incompatibilidade com o ecossistema de apps.

Fonte: Apple Insider

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.