Apple Design Awards 2016 elege os melhores aplicativos do ano

Por Redação | 16 de Junho de 2016 às 22h30

Talvez você não saiba, mas a conferência da Apple dedicada aos desenvolvedores de suas plataformas, a WWDC, não acabou com a apresentação do dia 13, na última segunda-feira. O evento continua com várias novidades aos devs até o fim dessa semana. Na terça (14), a Maçã apresentou aqueles que são os aplicativos vencedores do Apple Design Awards 2016, prêmio que elege os softwares que se destacaram na App Store com visual e funcionalidades inovadoras:

Apple Design Awards 2016

(Foto: Divulgação/Apple)

Os 12 aplicativos vencedores estão disponíveis para iOS, macOS, watchOS e tvOS. A Apple revela que elege os melhores softwares levando em conta vários fatores como originalidade, visual, funcionalidade e também a proposta que um determinado software leva para desbancar outros concorrentes similares na App Store. Além de ferramentas para produtividade, dois jogos também ganharam o prêmio desse ano. Você pode ver a lista completa com os aplicativos vencedores e seus respectivos desenvolvedores logo abaixo:

Complete Anatomy — 3D4Medical

O Complete Anatomy é um aplicativo dedicado a estudantes e profissionais de medicina, o software conta com informações e representações gráficas em 3D de tudo o que compõe o corpo humano e é estudado pela anatomia.

Segundo a própria Apple, o aplicativo ganhou o prêmio por sua incrível performance, alta atenção aos detalhes, interface intuitiva e pelos seus modelos anatômicos surpreendentemente fiéis. Você pode baixar o Complete Anatomy gratuitamente na App Store, mas apenas para iPad.

Streaks — Zervaas Enterprises

Apple Design Awards 2016

(Foto: Divulgação/Apple)

A Apple define o Streaks como "a lista de afazeres dos hábitos saudáveis". Segundo a Maçã, os desenvolvedores do aplicativo utilizaram uma tática inteligente para fazer o Streaks um dos melhores softwares para o acompanhamento de atividades físicas.

Os motivos pelos quais o Streaks faz parte do hall de ganhadores de 2016 são seu belo visual, sua simplicidade, o bom uso de sensores como até mesmo o 3D Touch presente no iPhone 6s e a integração completa com o Apple Watch. Você pode comprar o Streaks na App Store por US$ 3,99 (R$ 13,95 na conversão direta) – o app está disponível para o iPhone e exige que o gadget esteja executando o iOS 8.2 ou superior.

Zova Personal Trainer — Zova

Apple Design Awards 2016

(Foto: Divulgação/Apple)

Zova é um app que veio para revolucionar uma estratégia antiga daqueles que costumam se exercitar em casa: o app, que tem como foco principal a Apple TV, exibe vídeos que ensinam uma série de exercícios e atividades físicas de baixa ou alta intensidade. Você se lembra das fitas VHS dedicadas à prática de exercícios físicos que fizeram sucesso nos anos 90? Se sim, já sabe como funciona parte do Zova.

A Apple afirmou que não havia como não incluir o software na lista de aplicativos vencedores do prêmio em 2016, já que ele possui um belíssimo visual para iPhone e se integra muito bem com a Apple TV, o Apple Watch e até mesmo a Siri nessas plataformas.

Você pode baixar o Zova Personal Trainer na App Store gratuitamente.

Frame.io Video — Frame.io

Nas palavras da Apple, o Frame.io é o aplicativo ideal para times ou grupos com um grande número de pessoas colaborarem em um vídeo ou até mesmo editarem uma gravação em conjunto. O app resolve de forma elegante os problemas comuns em editar vídeos na tela do iPhone e foi escolhido como um dos vencedores exatamente por isso.

Ainda segundo o que foi dito pela Maçã, o Frame.io conta com uma interface bastante diferenciada, suporta vários recursos do iOS como o 3D Touch e também se integra muito bem ao Final Cut Pro X, software de edição de vídeos da própria Apple disponível para o macOS.

Você pode baixar o Frame.io gratuitamente para iPad e iPhone na App Store.

Ulysses — The Soulmen GbR

Apple Design Awards 2016

(Foto: Divulgação/Apple)

Ulysses é um editor de texto desenvolvido para todos os tipos de escritores. Jornalistas, blogueiros, estudantes e até mesmo romancistas podem utilizá-lo sem problemas. O software está disponível para Mac, iPhone e iPad além de contar com uma interface limpa e muito bem organizada para todas essas plataformas.

De acordo com a Apple, o Ulysses faz parte dos ganhadores do Design Awards 2016 porque seu visual limpo e direto não distrai quem escreve, outro fator também levado em conta na hora de dar o prêmio para o editor foi o fato de ele estar presente nos três principais gadgets da Apple, e com uma sincronização instantânea entre todos eles.

Você pode comprar o Ulysses por R$ 52,32, na App Store.

Chameleon Run — Noodlecake Studios

Chamelon Run é um jogo do tipo "corrida sem fim" com cores vívidas e cenários lúdicos, sua integração com a Siri e a possibilidade de jogá-lo por meio da Apple TV deram a ele características de peso para que o jogo ganhasse o prêmio neste ano.

Para os avaliadores da Apple, a jogatina é muito bem equilibrada com uma boa trilha sonora e ótimos efeitos, tanto visuais quanto sonoros. A empresa chegou a afirmar que o jogo é "único" e que por isso seria impossível retirá-lo da lista de vencedores.

Chameleon Run está disponível iPhone, iPad e Apple TV por R$ 6,97 na App Store.

Lara Croft GO — Square Enix

O jogo da Square Enix transporta toda a história da aventureira favorita dos gamers, Lara Croft, para o ambiente mobile dos puzzles. A Maçã julgou o título como "viciante" e disse que a ideia de entregar um jogo formado inteiramente por pequenos desafios combina muito bem com a história original de Tomb Raider. A jogatina é fácil de aprender, mas não imagine que este é um jogo fácil de dominar.

Segundo a Apple, a atenção que o jogo tem aos detalhes e o uso da API gráfica Metal foram os principais motivos pelos quais Lara Croft GO recebeu o Design Awards 2016. Na App Store, o jogo está disponível para todos os dispositivos com iOS 7 ou superior por R$ 17,60.

INKS — State of Play Games

Ao menos para a Apple, INKS é um jogo com um ótimo visual e que dá vida nova ao estilo pinball. Assim que a bola é lançada na mesa e rebatida pelos pinos controlados pelo jogador, vários riscos de tinta são lançados como se a bola fosse uma espécie de pincel. A ideia mistura arte e diversão num só conteúdo, e esse foi um ponto chave para que INKS estivesse entre os aplicativos selecionados pela Apple neste ano.

Segundo seus desenvolvedores, a API Metal foi muito bem trabalhada no jogo ao selecionar os tons exatos de cor para cada pincelada feita com a bolinha. O título ainda conta com um excelente repertório de efeitos sonoros que prometem trazer nostalgia a quem pagar R$ 6,97 pelo jogo disponível para iOS 9 (ou superior) na App Store.

Auxy Music Creation — Auxy

Auxy é uma ferramenta para criação de músicas com mais de 4.000 reviews positivos por parte de seus usuários. Sua interface direta ao ponto e muito simples de entender permite que qualquer um encarne o DJ e crie sua própria batida em minutos. A Apple diz que o Auxy é o aplicativo perfeito para criar músicas eletrônicas do zero e provém uma experiência muito agradável para os iniciantes no assunto, com feedbacks hápticos e boa integração com os recursos já conhecidos do iOS.

Você pode baixar o Auxy gratuitamente na App Store. Ele está disponível para qualquer dispositivo que execute o iOS 8 ou superior.

djay PRO — Algoriddim GmBH

Apple Design Awards 2016

(Foto: Divulgação/Apple)

Se o anteriormente citado Auxy é o melhor aplicativo para criar músicas do zero, o djay PRO certamente assume esse posto quando o assunto é remixar músicas já prontas. O aplicativo foi parabenizado pela Maçã por estar inovando em cada novo lançamento do iOS, mantendo-se afiado com os recursos que são adicionados ao sistema em cada atualização.

Segundo a Apple, o aplicativo foi um dos mais felizes ganhadores do Design Awards 2016 porque além de contar com características muito bem vindas, como acessibilidade e suporte à usuários com necessidades especiais, ainda oferece o conteúdo de um software profissional para plataformas portáteis como o iPad.

É possível comprar o djay PRO na App Store por R$ 66,27. Ele está disponível para a família iPad e para os computadores com macOS.

Linum — Joaquin Vila

Apple Design Awards 2016

(Foto: Divulgação/Apple)

Linum é um puzzle onde o jogador tem como objetivo conectar os pontos e formar uma linha entre duas extremidades. Nas palavras da Apple, a beleza do jogo está em sua simplicidade e atenção aos detalhes, mesmo que bastante enxutos.

O aplicativo ganhou o prêmio numa categoria chamada "Student Awards". Nesta competição em específico, apenas softwares desenvolvidos por um pequeno grupo de pessoas (ou uma única pessoa, como no caso do Linum) podem concorrer. O app é gratuito na App Store e está disponível para qualquer dispositivo com iOS 8 ou superior.

Dividr — Josh Deichmann, Patrick Pistor e Erik Lydick

Apple Design Awards 2016

(Foto: Divulgação/Apple)

Dividr tem uma proposta bastante simples: no jogo você tem de controlar os pequenos quadrados brilhantes (visíveis na imagem) de forma que eles não toquem nos obstáculos acima e assim completem um percurso coletando pontos. O game foi escrito inteiramente com a linguagem Swift, da própria Apple, e usa o 3D Touch para definir o movimento dos quadrados na tela.

A Apple diz que o design simples mas muito bem pensado, junto da jogabilidade que explora bem os recursos do iPhone 6s como o 3D Touch, tornam o Dividr um ganhador mais que merecido do prêmio "Student Awards" na competição de 2016. Ele está disponível na App Store para qualquer dispositivo com iOS 8 ou superior, e também é gratuito.

Fonte: Apple

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!