Apple corrigirá falha do iOS 10 que facilitava ação de crackers

Por Redação | 28 de Setembro de 2016 às 07h23

Há alguns dias uma firma de segurança russa alertou o mundo sobre uma falha de segurança grave no iOS 10 que permitia que crackers explorassem backups do sistema feitos através do iTunes. A revelação casou um burburinho enorme e chegou aos ouvidos da Apple, que prometeu corrigir a falha.

Acontece que o iOS 10 mudou seu mecanismo de criptografia e adotou um padrão mais fraco, que permite crackers decifrarem senhas 2.500 vezes mais rápido do que no iOS 9. Segundo a Elcomsoft, descobridora do problema, seu software antes conseguia comprar 2.400 senhas por segundo; hoje a mesma tarefa é feita 6 milhões de vezes por segundo no iOS 10.

Cupertino disse estar ciente de toda a situação e que já está trabalhando numa correção que será distribuída em uma atualização do sistema em breve. Em comunicado, a empresa reforçou que a falha compromete apenas backups armazenados localmente no computador dos usuários e que os do iCloud estão a salvo. Aos mais preocupados, a empresa fez uma sugestão:

"Recomendamos que os usuários verifiquem se seus Mac ou PC estão protegidos com uma senha forte e que só podem ser acessados por pessoas autorizadas. Além disso, o FileVault é um mecanismo de segurança adicional que pode ser usado para criptografar os seus dados".

Via Fortune, PhoneArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.