Apple corrigirá falha do iOS 10 que facilitava ação de crackers

Por Redação | 28.09.2016 às 07:23

Há alguns dias uma firma de segurança russa alertou o mundo sobre uma falha de segurança grave no iOS 10 que permitia que crackers explorassem backups do sistema feitos através do iTunes. A revelação casou um burburinho enorme e chegou aos ouvidos da Apple, que prometeu corrigir a falha.

Acontece que o iOS 10 mudou seu mecanismo de criptografia e adotou um padrão mais fraco, que permite crackers decifrarem senhas 2.500 vezes mais rápido do que no iOS 9. Segundo a Elcomsoft, descobridora do problema, seu software antes conseguia comprar 2.400 senhas por segundo; hoje a mesma tarefa é feita 6 milhões de vezes por segundo no iOS 10.

Cupertino disse estar ciente de toda a situação e que já está trabalhando numa correção que será distribuída em uma atualização do sistema em breve. Em comunicado, a empresa reforçou que a falha compromete apenas backups armazenados localmente no computador dos usuários e que os do iCloud estão a salvo. Aos mais preocupados, a empresa fez uma sugestão:

"Recomendamos que os usuários verifiquem se seus Mac ou PC estão protegidos com uma senha forte e que só podem ser acessados por pessoas autorizadas. Além disso, o FileVault é um mecanismo de segurança adicional que pode ser usado para criptografar os seus dados".

Via Fortune, PhoneArena