Patente da Apple indica nova geração da Siri funcionando com sensores

Por Redação | 20 de Março de 2014 às 08h45
photo_camera BGR

A Siri, assistente pessoal virtual da Apple, pode ganhar novas funções e ter seu formato de funcionamento alterado drasticamente. Nessa quarta-feira (19), o departamento de registro de patentes dos Estados Unidos publicou um registro da Apple que indica possíveis mudanças no sistema.

A patente descreve métodos e equipamentos usados para a construção de um “assistente automatizado inteligente”, algo que é muito parecido com uma evolução da Siri. De acordo com os documentos, a tecnologia toma como base a combinação de software e sensores para identificar a localização precisa dos indivíduos dentro de um local.

Em um exemplo, a patente mostra como o sistema poderia lembrar o usuário de tomar seus remédios, com a interpretação de variáveis. Se a pessoa está na cozinha de sua casa e o horário é o indicado para a dose, o sistema poderia aproveitar para lembrá-la de tomar o medicamento, por exemplo.

Além de ajudar na hora de determinar tarefas e horários, o sistema também é visto pela Maçã como um auxílio a deficientes visuais. No entanto, é importante lembrar que, assim como dezenas de patentes registradas pela Apple, essa pode nem chegar ao mercado. De qualquer forma, as possibilidades para a sua aplicação são enormes, ainda mais se a marca lançar o tão esperado iWatch.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.