Foto mostra suposto esquema de manipulação no ranking da App Store

Por Redação | 12 de Fevereiro de 2015 às 12h24

Uma imagem que supostamente mostra uma trabalhadora manipulando os rankings da App Store viralizou esta semana na web, dando ao público uma nova perspectiva de como funciona o mundo das avaliações de aplicativos.

A foto foi originalmente postada no site Weibo com a legenda "Trabalhando duro para manipular o ranking da App Store”. Na imagem é possível ver uma mulher chinesa sentada em frente a um painel com diversos iPhones ligados a um emaranhado de cabos.

Manipulação App Store

Em alguns sites, a foto em questão está sendo veiculada junto a uma suposta lista de preços para os serviços prestados.

Um relatório do Tech in Asia aponta que os clientes devem pagar o equivalente a US$ 11.200 para entrar no top 10 dos aplicativos gratuitos da Apple. Para mantê-lo em destaque o valor a ser pago é de US$ 65 mil por semana. A terceira coluna da tabela supostamente mostra o preço mensal para os serviços, enquanto a quarta lista um número de contato para potenciais clientes.

Manipulação App Store

Apesar de não existir uma confirmação da veracidade da foto, ela nos oferece uma rara visão do mundo clandestino de manipulação da App Store, um problema que a Apple tem lutado para combater e erradicar.

Os desenvolvedores de aplicativos que buscam impulsionar legalmente o ranking da App Store já demonstraram frustração com rankings fraudulentos no passado e, se as imagens forem mesmo reais, parece que a Maçã ainda tem muito trabalho a fazer.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.