Com iOS 8, Apple quer evitar o jailbreak em seus aparelhos

Por Redação | 05 de Junho de 2014 às 06h50
photo_camera Divulgação

Ao realizar a apresentação do iOS 8 na última segunda-feira (02), a Apple não apenas chamou o Google, WhatsApp e Snapchat para a briga como fez um aceno também aos usuários que, apesar de já usarem a plataforma da empresa, preferem adotar o jailbreak para terem acesso a funções extras em seus celulares. É uma batalha antiga da Apple, que agora, ganhou novas estratégias.

A cada atualização, é comum que a empresa corrija falhas de segurança que permitem o desbloqueio do sistema operacional de seus smartphones e tablets. É uma batalha constante, já que na sequência, os responsáveis pela prática circulam tais proteções e mais uma vez libertam os aparelhos. Agora, parece que a Apple está disposta a garantir, por meio de novas funcionalidades, que os usuários não se deem mais ao trabalho.

É o caso, por exemplo, de funções como o acesso de terceiros a recursos do teclado e os widgets, que permitem ao usuário melhorar a aparência da tela bloqueada. Essa última mudança, principalmente, representa uma grande alteração nas políticas da Apple, apesar de eles ainda não funcionarem no iOS da mesma maneira que no Android.

A mudança de postura não teve um anúncio oficial nem faz parte de declarações de algum executivo, mas transparece a cada novidade ou rumor divulgado sobre a empresa. Como explica o site Tuaw, é uma amostra de que os executivos e desenvolvedores da empresa estão bastante conectados às vontades dos usuários e desejam fornecer a eles exatamente o que todos querem, sem que eles precisem buscar artifícios “alternativos” para obterem isso.

Dessa forma, resta apenas aquela parcela de usuários que realiza o jailbreak para utilizar aplicativos sem pagar por eles ou, então, acessar softwares que, por um motivo ou outro, acabam não sendo aprovados para download oficial pela App Store. Contra esses, porém, a Apple tem muito pouco a fazer a não ser continuar investindo em segurança na tentativa de coibir ou, pelo menos, dificultar o desbloqueio.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.