Call of Duty: Strike Team chega à App Store

Por Redação | 06.09.2013 às 12:11

Uma nova edição da franquia de sucesso de tiro em primeira pessoa chegou à App Store nesta semana. Por R$ 6,99, donos de iPhones, iPads e iPods Touch podem jogar o Call of Duty: Strike Team, que foi desenvolvido "do zero para smartphones e tablets", segundo a Activision, responsável pelo título. Há dois modos de jogo: individual e o chamado "Survival", em que os jogadores combatem oponentes de diversas partes do mundo via internet.

Além de ser pago, o aplicativo ainda oferece compras no enredo que chegam a até R$ 255. O jogo se passa no futuro, em 2020, e os gamers serão responsáveis por liderar uma equipe que combate um inimigo desconhecido. Também há momentos de transição de narrativa, passando de primeira para terceira pessoa em situações de reconhecimento de áreas e ataques coordenados.

Esse não é o primeiro Call of Duty a chegar aos aparelhos com sistema iOS. Há também as edições Zombies e Black Ops. Vale ressaltar que o novo game tem 1.31 GB.

O jogo oferece a compra de tokens para desbloquear armas e regalias mais cedo na história do jogo. No entanto, esses recursos também podem ser obtidos conforme seu avanço no game (tanto no modo individual, como no on-line). Os jogadores ganham XP em uma série de atividades dentro do Call of Duty: Team Strike, e então podem adquirir armas e habilidades especiais, como as da edição do game para consoles. Com R$ 255 (ou £ 69,99) é possível comprar 70 mil tokens, a oferta mais cara do aplicativo.

O The Guardian afirma que com diversos jogos criados a partir de games de sucesso em consoles, como Tony Hawk's Pro Skater, Guitar Hero e o clássico Pitfall, a Activison se mostra mais ambivalente para jogos móveis que a Electronic Arts.

"Enquanto nós vamos continuar a olhar para esse mercado, e nós pensamos que, a longo prazo, haverá oportunidades. Mas agora nós simplesmente não vemos nada que indica que mudar a forma como abordamos o mundo móvel seria uma boa ideia", o então chefe da Activion, Bobby Kotick, disse a analistas financeiros de maio de 2013, quando perguntado sobre a estratégia da empresa.

No entanto, a EA parece tentar trilhar o caminho contrário da concorrente, passando de dispositivos móveis para consoles, e não o contrário, como a empresa fez com Plants vs Zombies, que ganhará versão para Xbox em novembro deste ano, tornando-se um título de aventura.