YouTuber "morre" ao vivo em campanha chocante de conscientização no trânsito

Por Redação | 18 de Janeiro de 2017 às 21h19

A tecnologia está aí para nos ajudar, certo? Nem sempre. Hoje em dia, com tanto smartphone espalhado pelo mundo, passamos tanto tempo bitolados nas telinhas que deixamos de ver a vida acontecer lá fora. E momentos cruciais podem passar desapercebidos, culminando no pior.

Foi pensando nisso que uma associação de Israel teve uma ideia: como mostrar para as pessoas o perigo do trânsito quando existe falta de atenção dos motoristas? A Or Yarok fez uma parceria com a youtuber mais famosa do país, Ashel Waxman Bakshi, e produziu uma campanha de conscientização bem pesada.

No vídeo, a garota usava o smartphone enquanto dirigia, e detalhe: transmitiu tudo ao vivo no seu canal do YouTube. Pouco tempo depois, uma frase aparece na tela, anunciando que seu canal foi invadido por hackers. Pouco depois, o impacto: We Killed Her (nós a matamos). O vídeo continua, porém informando que 80% dos acidentes são causados por pessoas que usam seus telefones enquanto dirigem, e que as campanhas publicitárias sobre direção defensiva são muitas vezes ignoradas.

A ideia foi agravar a experiência e simular algo muito mais real. Pegar uma webcelebridade do país foi a grande sacada da Or Yarok, que transmitiu um "acidente de verdade" ao vivo. O impacto foi causado principalmente sobre os jovens, que assistiram a um ídolo "morrer" no trânsito.

Making of

A equipe gravou seis minutos de um vídeo para fingir que tudo estava bem e que tudo acontecia em tempo real. Enquanto transmitia, a youtuber aparecia dirigindo tranquilamente com uma mão no volante e outra no smartphone, respondendo a perguntas de seus fãs. "Vamos ver... aqui tem uma outra pergunta de um seguidor". Enquanto lia e respondia às perguntas ao vivo, o "pior" aconteceu: Ashel bateu o carro e o acidente era fatal. O streaming foi interrompido por um saculejar da tela e um grito.

Depois do "acidente", inúmeras pessoas começaram a perguntar no YouTube da garota se ela estava bem, o que teria sido aquele barulho. Uma onda de desespero tomou conta de mais de 2.500 seguidores que a acompanhavam, mesmo que por uns instantes. Mas pouco depois, ela aparece viva e bem, falando que tudo não passava de uma campanha.

O que você achou da ideia? Assista ao vídeo abaixo:

Via Brainstorm 9

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.