YouTube revela que Google removeu mais de 300 anúncios da campanha de Trump

Por Natalie Rosa | 03 de Dezembro de 2019 às 18h45
usa today
Tudo sobre

YouTube

Saiba tudo sobre YouTube

Ver mais

No último domingo, a CEO do YouTube, Susan Wojcicki, confirmou que mais de 300 anúncios da campanha de Donald Trump foram banidos da plataforma e do Google apenas neste ano.

O depoimento aconteceu durante entrevista de Wojcicki à CBS, sem dar detalhes sobre o motivo por isso ter acontecido. A executiva disse apenas que mais informações sobre as políticas de anúncios podem ser encontradas no site de transparência da companhia.

No entanto, são poucas as informações fornecidas pelo Google em relação ao tema. O que se sabe é que, por exemplo, os anúncios que foram derrubados não podem ser visualizados na ferramenta de transparência da empresa, dizendo que o motivo é por "limitações técnicas". Fica disponível apenas a informação de que um anúncio foi bloqueado, não o seu conteúdo.

Reprodução: Karim Elganainy

Os anúncios bloqueados também não acompanham explicação do motivo, apenas um informativo de que violaram as políticas de publicidade da empresa, com um link que direciona o usuário a uma página com regras. Nem mesmo qual das políticas o anúncio violou foi informado.

No mês passado, o Google disse que não ia mais permitir anúncios políticos direcionados a uma afiliação ideológica ou com informações vindas de arquivos públicos dos eleitores.

Fonte: CNN

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.