YouTube remove contador que congelava vídeos em 301+ views

Por Redação | 05.08.2015 às 16:08

Talvez você nunca tenha reparado, mas toda vez que abria um vídeo recente de algum canal com milhares de assinantes no YouTube, o número de visualizações ali no canto direito, logo abaixo do título do clipe, sempre aparecia travado em 301+. Isso pode não impactar o espectador, mas prejudica os criadores de conteúdo, que ficavam sem uma média de quantas pessoas viram aquele vídeo poucas horas depois de ter sido publicado.

Pois é, ficavam, já que o Google confirmou nesta quarta-feira (5) que alterou o sistema de visualizações do site para impedir que novos vídeos fiquem congelados em 301+ views. De acordo com a empresa, a partir de agora, os vídeos terão um contador atualizado com mais frequência, o que significa maior controle aos donos dos canais, que poderão acompanhar quase em tempo real um aumento nos clipes divulgados em suas contas.

O YouTube ainda explica como funcionava o mecanismo de contagem. Até então, no momento em que um vídeo era postado, o site congelava as visualizações após 300 para ter certeza de que não eram robôs assistindo àquele vídeo — esse método era utilizado por padrão para evitar falsos views. Só após algumas horas se certificando sobre aquele vídeo, que ficava parado nos 301+ mesmo assistido milhares de vezes, é que o Google atualizava com a verdadeira contagem de visualizações.

Segundo a companhia, o que muda a partir de agora é que, além de atualizar os vídeos constantemente, o site ainda vai identificar quando os conteúdos estão sendo vistos por pessoas reais, e não por robôs. Neste caso, se houver a suspeita da utilização de máquinas para gerar mais visualizações, estas sim ficam congeladas e só são adicionadas depois que o YouTube se certificar de sua autenticidade.

Obviamente, os números contabilizados pelo YouTube não devem ser 100% exatos, uma vez existem bilhões de vídeos na plataforma, cada um com outras bilhões de visualizações. Além disso, o próprio YouTube não revela como faz sua contagem de views — por exemplo, se uma visualização é adicionada ao abrir a janela do vídeo ou apenas depois de assistir até um determinado ponto do clipe. Mesmo assim, a mudança deve ajudar os criadores de conteúdo a avaliar com mais precisão a popularidade de suas produções em tempo real.

Fonte: YouTube Creators (Twitter)